Religião

21/05/2020 | domtotal.com

Bispo suíço nomeia primeira mulher vigária episcopal da história

Cargo de vigário episcopal é ocupado exclusivamente por padres, segundo o Direito Canônico

Marianne tem quase 20 anos de experiência na coordenação de equipes pastorais
Marianne tem quase 20 anos de experiência na coordenação de equipes pastorais (Reprodução/ Novena News)

A diocese de Lausana, Genebra e Friburgo, na Suíça, será a primeira na história da Igreja Católica a ter uma mulher como vigária episcopal, um cargo habitualmente ocupado por padres. A leiga Marianne Pohl-Henzen foi nomeada pelo bispo Charles Morerod e assumirá funções em 1º agosto.

Marianne Pohl-Henzen irá substituir um dos atuais vigários, o padre Pascal Marquard, do qual foi adjunta nos últimos oito anos. Ela será nomeada delegada episcopal da parte de língua alemã da diocese, mas não receberá oficialmente o título de “vigário episcopal”, já que segundo o direito canônico ele está reservado aos padres.

Mesmo sem a titulação canônica, suas função será a mesma de um vigário-episcopal, o que supõe pertencer ao conselho episcopal da diocese (o órgão de assessoria do bispo nas suas funções de gestão) e ocupar o segundo cargo mais importante na diocese, a seguir ao próprio bispo. Licenciada em Filologia (alemã e clássica) e Teologia, Marianne tem quase 20 anos de experiência na coordenação de equipes pastorais, é catequista, mãe de três filhos e avó de quatro netos. 

Na diocese de Lausanne, Genebra e Freiburg, existem cinco vigários episcopais que correspondem aos cinco vicariados diocesanos. Há também um vigário para as vocações.


Receba notícias do DomTotal em seu WhatsApp. Entre agora:
https://chat.whatsapp.com/GuYloPXyzPk0X1WODbGtZU


Sete Margens/ Dom Total/ Katholisch



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.
EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!