Brasil Política

28/06/2020 | domtotal.com

Apoiadores de Bolsonaro fazem ato; opositores usam cruzes para criticar governo

Além das cruzes, foram colocadas faixas no local com dizeres contra o presidente. Em uma delas estava escrito 'Fora Bolsonaro Mourão e Centrão'

Manifestantes carregavam cruzes em protesto às mortes pela Covid-19
Manifestantes carregavam cruzes em protesto às mortes pela Covid-19 (Adriano Machado/ Reuters)

Manifestantes fincaram mil cruzes em frente ao Congresso Nacional na manhã deste domingo (28), em homenagem às vítimas da Covid-19 e em protesto contra a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em combate à pandemia do novo coronavírus. O país já registra mais de 57 mil mortes pela doença.

A ação foi organizada pelo coletivo Resistência e Ação, grupo com cerca de 60 integrantes. "São pessoas que não concordam com a ausência de política de valorização da vida, com o descaso do governo", disse Cleide Martins, uma das organizadoras do ato. "Sabemos que muitas das pessoas que estão perdendo as pessoas não podem sequer se despedir."

Além das cruzes, foram colocadas faixas no local com dizeres contra o presidente. Em uma delas estava escrito "Fora Bolsonaro Mourão e Centrão". O ato faz parte do movimento intencional #StopBolsonaro, que ocupa o topo dos trendings Brasil no Twitter neste domingo.

O ato contou com a presença de algumas parlamentares. "Foi um ato muito bonito em homenagem às vítimas e ao mesmo tempo pontuado a necessidade de retirar Bolsonaro para que possamos enfrentar essa crise", disse a deputada federal Érika Kokay (PT-DF). A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) e a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, também estiveram presentes.

Bolsonaristas

Em frente ao quartel-general do Exército, em Brasília, um pequeno grupo também protestou, mas a favor do governo. O grupo, com cerca de 100 manifestantes, carregava faixas pedindo intervenção militar, "Bolsonaro no poder", além da criminalização do comunismo e de uma nova Constituição.

Um dos líderes do movimento a favor do Presidente foi o professor e youtuber Emerson Teixeira, investigado no inquérito do STF sobre atos antidemocráticos, tendo sido alvo de busca e apreensão em operação da Polícia Federal.


Agência Estado/Dom Total



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!