Brasil Cidades

14/07/2020 | domtotal.com

PF prende em BH suspeito de ameaçar de morte integrantes do Congresso e do STF

Agentes cumpririam apenas mandado de busca e apreensão contra o suspeito, mas encontraram três armas de fogo e munição em registro

Se condenado pelos crimes contra a segurança nacional, e por calúnia e difamação, o suspeito poderá cumprir até 13 anos de cárcere
Se condenado pelos crimes contra a segurança nacional, e por calúnia e difamação, o suspeito poderá cumprir até 13 anos de cárcere (Agência Brasil)

A Polícia Federal prendeu  em Belo Horizonte, por porte ilegal de arma, suspeito investigado por crime contra a segurança nacional por ameaçar de morte integrantes do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF). A corporação não revelou o nome do suspeito nem quem exatamente da Câmara ou do Senado teria sido ameaçado.

Segundo a PF, as ameaças eram feitas em vídeos publicados "em ambiente virtual". As investigações começaram em maio. A corporação afirma que as intimidações eram contra a vida "de determinadas pessoas, citando processo violento ou ilegal, com o fim de obstar o livre exercício dos Poderes da União".

Há suspeita ainda de crimes de calúnia e difamação. Inicialmente a Polícia Federal cumpriria apenas mandado de busca e apreensão contra o suspeito. No entanto, foram encontradas durante o cumprimento do mandado nessa segunda-feira três armas de fogo, além de munição. Uma estava registrada em nome de outra pessoa, com registro vencido. O suspeito, por isso, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. A pena é de três anos de prisão.

Se condenado pelos crimes contra a segurança nacional, e por calúnia e difamação, o suspeito poderá cumprir até 13 anos de cárcere. Na busca e apreensão foram apreendidos ainda computador aparelho de telefone celular e roupas utilizadas nos vídeos.



Agência Estado



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!