Religião

15/07/2020 | domtotal.com

Tenda Franciscana chega a meio milhão de refeições distribuídas

Serviço religioso distribui cerca de 4 mil refeições diárias para minimizar impacto da pandemia

A ação franciscana já distribuiu mais de 350 toneladas de alimentos
A ação franciscana já distribuiu mais de 350 toneladas de alimentos (Reprodução/ Sefras)

O Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras) entregou, no almoço do dia 13 de julho, a refeição de número 500 mil na Tenda Franciscana de São Paulo, localizada no Largo do São Francisco, centro da capital. Foram meio milhão de refeições destinadas à população em situação de rua, desempregados, imigrantes e refugiados, nas ações franciscanas de combate aos impactos da pandemia. Há quatro meses têm sido distribuídas, em média, mais de 4 mil refeições diariamente.

Sefras

A doação foi marcada por um ato simbólico, que reuniu a equipe do Sefras, doadores, voluntários, representantes do poder público, da Arquidiocese de São Paulo e da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil. "Estou há dois anos na rua e sei como é importante esta alimentação todos os dias", disse Laura Cruz, porta-voz das pessoas atendidas aos presentes.

Frei José Francisco de Cássia dos Santos, diretor-presidente do Sefras, iniciou o momento dirigindo a palavra de gratidão aos envolvidos no processo. "Nossa gratidão a todos os trabalhadores, voluntários, doadores e parceiros que nos ajudaram a manter firme nosso compromisso de acolher, cuidar e defender aqueles que mais precisam. A tenda se transformou num espaço simbólico onde encontramos o reflexo da vulnerabilidade da estrutura social em que vivemos e, também, a força que tem uma corrente de solidariedade", disse.

Energia para transformações positivas

O vigário provincial frei Gustavo Medella completou a fala do frei José. "Celebrar a entrega da refeição de número 500 mil, primeiro, é motivo de alegria e de gratidão pois nos mostra que, mesmo diante do cenário desafiador, ainda existem muitos que revelam seus lados mais bonitos de solidariedade e empatia. Mas, ao mesmo tempo, é motivo de preocupação pois, se distribuímos tanta comida em tão pouco tempo, é sinal de que tem muita gente sendo privada desse direito básico que é o da alimentação. A nossa esperança é de que a mesma energia empreendida durante a emergência, seja mantida para buscarmos juntos as transformações para sanar esforços como esses", disse o secretário de evangelização da província. 

A secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Berenice Giannela, participou do momento e agradeceu a todos, em nome do município de São Paulo. "O Sefras já é um parceiro de anos da Prefeitura de São Paulo e o momento é de agradecimento pelo apoio que todos têm dado para que possamos superar essa situação de pandemia". Representando os milhares de doadores e parceiros, participaram do momento Alexandre Pernet, da Soul Kitchen; Antônio Carlos do Sesi; Lena da Silva, da Casa de Francisco, e Viko Tangoda, do projeto Mesa Solidária, que, emocionado, afirmou que "o momento é também espaço de gratidão pela abertura dada ao projeto desde o terceiro dia da Tenda em São Paulo".

Voluntários

A socióloga Ariadne Natal representou os mais de 500 voluntários e deu voz à diversidade de experiências que esse espaço tem proporcionado. "Nós, voluntários, somos muito diversos em idade, sexo, renda, profissão, credo, mas em comum, temos a empatia e o olhar pelo outro. Todos os dias quando chegamos na Tenda, colocamos o colete e nos transformamos. Não importa o que aconteceu no nosso dia, aqui estamos para servir não só comida, mas para servir esperança! "

"Vida para Todos"

A campanha emergencial, chamada de "Vida para Todos" começou em São Paulo e há um mês se expandiu para o Rio de Janeiro tendo cinco espaços de distribuição de alimentos, e também cinco cozinhas solidárias. "A demanda é muito grande, o que nos fez pensar em medidas provisórias para o atendimento, como é o caso das tendas. Mas sabemos que estes espaços não suprirão os desafios. Precisaremos nos reorganizar, estudar novas estratégias, pois não sabemos até quando sofreremos com os impactos econômicos e sociais da pandemia", completou frei José. Dom Eduardo Vieira finalizou o momento com a bênção das refeições e, reforçando nosso compromisso de sermos uma Igreja em saída, que vai ao encontro dos que mais precisam.

Doadores e Voluntários

O trabalho solidário só é possível graças ao compromisso de milhares de doadores e também a gratuidade de mais de 500 voluntários. A ação franciscana já distribuiu mais de 350 toneladas de alimentos, entre cestas básicas mensais (15 mil), marmitas e refeições (500 mil), além de milhares cobertores e de kits de higiene e proteção.


Sefras/ franciscanos.org



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias