Cultura

04/08/2020 | domtotal.com

O jovem filósofo finlandês

Conexão, benevolência, autonomia e competência são necessidades fundamentais

Frank Martela autografa seu livro 'A wonderful life'
Frank Martela autografa seu livro 'A wonderful life' (Reprodução/Facebook/Frank Martela)

Lev Chaim*

De repente ele ficou conhecido na Holanda, através da tradução de seu livro para o holandês, Uma linda vida. Trata-se de Frank Martela, professor de filosofia da universidade Aalto, de Helsinki, e também das importantes universidades norte-americanas de Stanford e Harvard. Sua figura jovem mais lembrando um cantor pop-rock do que um filósofo característico, com o seu chapéu amassado sobre a cabeça e um sorriso com lábios fechados, imediatamente me cativou.

Sua entrevista para o jornal holandês Trouw foi fascinante e elucidante, tanto é que logo após lê-la, fui à livraria e encomendei o livro que peguei hoje e está aqui, agora, em minhas mãos. Na entrevista, o jornalista pergunta a Martela: "E você procura em seu livro provar que dar significado a sua própria vida é mais fácil do que as pessoas pensam?" Ele responde direto e reto: "Sim. O ponto central é que você deve dar atenção para o 'significado da vida' – responder à pergunta e o seu significado. Baseio-me, em grande parte, na teoria de dois craques no assunto: Edward Deci e Richard Ryan que se baseiam nos três principais pontos das nossas necessidades psicológicas: conexão, autonomia e competência. Quando você preenche os requisitos para esses três itens, você experimenta um bem-estar e motivação; portanto, mais significado em sua própria vida. E eu mesmo acrescentei a esses três itens a 'benevolência' – fazer boas coisas para outras pessoas."

Com o livro e a entrevista na mão, fui em frente na minha pesquisa sobre uma vida cheia de significados. O jornalista lhe perguntou também se ser feliz não estava mais restrito ao simples fato de você chupar um sorvete quando a vontade viesse e Martela respondeu: "Sim, mas muito mais que isto não é." Ele acrescentou que ao lado da satisfação das necessidades físicas de uma pessoa, existem também, como um DNA, as necessidades psicológicas básicas. Todos podem reconhecê-las, diz ele: "Quando você as satisfaz, você adquire um sentimento profundo de realização e satisfação".

Sobre o livro que acaba de ser lançado na Holanda, Martela diz ao jornalista que o resumo desta operação toda pode ser dito da seguinte forma: "Eu digo que existem quatro fontes: a primeira é 'União', que se baseia na relação com as outras pessoas; a segunda fonte é 'contribuir de forma positiva para a vida de outras pessoas'; a terceira é a autorrealização e autenticidade, e a quarta é, finalmente, com base nas três fontes anteriores, você poder escolher algo em que deseja alcançar o domínio e se tornar um perito no assunto. Como vocês podem muito bem notar, as duas primeiras fontes estão interligadas com a sua relação com outras pessoas e as últimas duas uma busca dentro de você próprio".

Mas Frank Martela tem um conselho importantíssimo em seu livro para que essas fontes possam ser realizadas com sucesso: "É muito importante que este caminho de busca não se torne uma obsessão mas, sim, algo em que você possa incluir o humor e a brincadeira durante todo o percurso de busca".

E você caro leitor? Também concorda com Frank Martela na busca do significada da sua própria vida?

*Lev Chaim é jornalista, colunista, publicista da FalaBrasil e trabalhou mais de 20 anos para a Radio Internacional da Holanda, país onde mora até hoje. Ele escreve todas as terças-feiras, para o Domtotal.

TAGS




Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outros Artigos