Religião

05/08/2020 | domtotal.com

Destruída no 11 de setembro, igreja ortodoxa retoma reconstrução em Nova Iorque

Santuário ortodoxo de São Nicolau reabre no 'Ground Zero' como 'sinal de amor'

Governador Cuomo anuncia início das obras da Igreja Ortodoxa Grega de São Nicolau e santuário nacional em Nova York
Governador Cuomo anuncia início das obras da Igreja Ortodoxa Grega de São Nicolau e santuário nacional em Nova York (Fotos Públicas/governorandrewcuomo)

Depois de inúmeros adiamentos, a reconstrução do santuário de São Nicolau, no Ground Zero, em Nova Iorque, vai ser retomada, anunciou esta segunda-feira (3) o governador da cidade, Andrew Cuomo. O templo ortodoxo grego foi o único edifício religioso a ficar destruído na sequência dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

O governador Cuomo declarou que "o início da construção da nova Igreja de São Nicolau ecoa a mensagem abrangente desses tempos desafiadores: vamos reconstruir a maneira como construímos a partir do 11 de setembro, e será melhor e mais forte com mais solidariedade e mais fé e mais espírito de comunidade do que nunca".

"Esta São Nicolau será mais esplêndida e mais convidativa do que a São Nicolau que estava aqui antes. Passamos por momentos difíceis juntos, mas ressurgimos das cinzas e nos fortalecemos mais do que nunca. É isso que São Nicolau vai expressar. É uma mensagem poderosa para todos os nova-iorquinos e todos os americanos", acrescentou o governador.

A cerimônia contou com a presença do arcebispo Elpidophoros, da América, que durante o seu discurso recordou a recente reconversão da Basílica de Santa Sofia em mesquita, na Turquia. "Tiraram-nos a maior igreja da história do mundo, num ato de dominação e chauvinismo", declarou, garantindo que o renovado santuário de São Nicolau, pelo contrário, será "um sinal de amor, não de ódio", representando "um ideal que existe nesta América, uma nação onde ninguém é excluído, mas todos são abraçados".

De acordo com o presidente da associação Friends of St. Nicholas (em português, Amigos de São Nicolau), Michael Psaros, "as autoridades nova-iorquinas calculam que a igreja receberá cerca de dez milhões de visitantes por ano", o que significa que será a igreja mais visitada da cidade e talvez até do país. "Irá tornar-se o símbolo da ortodoxia não apenas nos EUA, mas no mundo", assegurou.Governador Cuomo e arcebispo Elpidophoros em frente à nova São NicolauGovernador Cuomo e arcebispo Elpidophoros em frente à nova São Nicolau


Sete Margens/Greek Reporter/ Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!