Brasil

08/08/2020 | domtotal.com

Final feliz: motoboy Matheus Pires recebe doações após episódio de racismo

Entregador foi vítima de racismo em um condomínio em Valinhos, no interior de São Paulo

Entregador foi vítima de racismo em um condomínio em Valinhos, no interior de São Paulo
Entregador foi vítima de racismo em um condomínio em Valinhos, no interior de São Paulo

Matheus Pires foi vítima de racismo ao fazer ma entrega em um condomínio em Valinhos, no interior de São Paulo, e assim se tornou personagem de uma notícia triste. No entanto, o humorista Matheus Ceará e o grupo Razões para Acreditar estão agindo para que o entregador também seja o foco de notícias boas.

O comediante do SBT presenteou seu chará com uma moto nesta sexta mesmo por ter se sensibilizado com o fato. "Nós é ligeiro ou não é?", comentou ao relatar nos stories do Instagram que já tinha encontrado o motoboy. "Não é uma moto igual a que o Luciano Huck vai dar", brincou Douglas Nascimento. "Eu estou dando a moto para o moleque trabalhar e o Luciano Huck tem que dar a moto para ele de passeio", provocou Matheus Ceará.

Leia também:

Matheus Pires, agradeceu pela atitude dos artistas, às mensagens de apoio que recebeu, aos motoboys de Valinhos e aos seus novos seguidores na rede social. "Realmente, saber que as pessoas dão valor aos motoboys foi muito bom."

A vaquinha para arrecadar R$ 150 mil para Matheus Pires foi criada pelo grupo Razões para Acreditar e, até a publicação desta reportagem, já alcançou R$ 115.468,00 com contribuições de 2.298 apoiadores.

Episódio de racismo

Matheus sofreu agressões verbais de um morador de um condomínio de casas em Valinhos (SP) quando foi fazer uma entrega no dia 31 de julho. As imagens da cena foram gravadas por vizinhos e, só na última sexta-feira (7) chamaram atenção nas redes sociais.


O motivo teria sido um problema no interfone do condomínio que teria causado a ira do morador que o chamou de "semianalfabeto". Além disso, ele ainda diz que o motoboy teria inveja "disso aqui" apontando para sua pele - um ato explícito de racismo em pleno século 21. Após o embate, Matheus registrou um boletim de ocorrência para denunciar as agressões e o crime de racismo.


Agência Estado/Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!