Meio Ambiente

01/09/2020 | domtotal.com

Mudança climática: volume de lagos glaciares tem aumento de 50% em 30 anos

Baseado em imagens de satélite, estudo vai ajudar nos dados de precisão da elevação do nível do mar

Massa de gelo se solta da geleira Apusiajik, perto de Kulusuk, um assentamento no município de Sermersooq na costa da Groenlândia
Massa de gelo se solta da geleira Apusiajik, perto de Kulusuk, um assentamento no município de Sermersooq na costa da Groenlândia (Jonathan Nackstrand/AFP)

O volume dos lagos que se formam ao redor do mundo conforme as geleiras derretem, como consequência da mudança climática, aumentou 50% em 30 anos - aponta um novo estudo baseado em dados de satélite.

"Já sabíamos que nem toda a água derretida chega imediatamente ao oceano", disse o principal autor do estudo Dan Shugar, geomorfologista e professor associado da Universidade de Calgary, em um comunicado. "Mas, até agora, não havia dados para estimar quanto dele estava armazenado em lagos, ou em lençóis freáticos", completou.

A descoberta, publicada na segunda-feira (31) na Nature Climate Change, ajudará os cientistas a identificarem perigos potenciais para as comunidades que vivem abaixo desses lagos instáveis, disse Shugar. Os dados também permitirão aumentar a precisão das estimativas de elevação do nível do mar, entendendo melhor como e a que taxa a água dos lagos chega ao mar.

Entre 1994 e 2017, as geleiras do mundo, especialmente nas regiões de alta montanha, perderam cerca de 6,5 trilhões de toneladas em massa, de acordo com pesquisas anteriores.

"Nos últimos 100 anos, 35% do nível global de aumento do nível do mar veio do derretimento das geleiras", disse Anders Levermann, professor do Institute for Climate Change Impact, em Potsdam.

As outras principais causas do aumento do nível do mar são as calotas polares e a expansão da água do oceano, à medida que se aquece.

A temperatura média da superfície da Terra aumentou 1°C desde a era pré-industrial, mas as regiões de alta montanha ao redor do mundo aumentaram a temperatura duas vezes mais, acelerando o derretimento das geleiras.

Ao contrário dos lagos normais, os lagos glaciais são instáveis e frequentemente inundados por gelo, ou por sedimentos compostos por rochas soltas e detritos.

Em janeiro, o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas estimou em mais de 3 mil lagos glaciais que se formaram na região do Hindu Kush-Himalaia, com 33 deles representando um risco iminente que pode afetar sete milhões de pessoas.

Baseado em 250 mil imagens das missões do satélite Landsat da NASA, o novo estudo considera o volume atual dos lagos glaciais em mais de 150 quilômetros cúbicos, o equivalente a um terço do volume do Lago Erie nos Estados Unidos.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!