Religião

15/09/2020 | domtotal.com

Igreja apresenta plataforma digital com conteúdos religiosos no Festival de Veneza

Segundo padre Spadaro, 'com o poder das imagens se dá nova força à Palavra'

Antonio Spadaro no Festival de Veneza
Antonio Spadaro no Festival de Veneza (Vatican Media)

A Igreja Católica apresentou no Festival Internacional de Cinema de Veneza uma nova plataforma digital, LearninGod, que vai oferecer conteúdos religiosos, artísticos e culturais inspirados na mensagem do sagrado, informa o Vaticano.

Entre as propostas disponíveis conta-se o Catecismo em vídeo, de Gjon Kolndrekaj, realizado pela Sociedade CrossInMedia, com o patrocínio do Conselho Pontifício para a Nova Evangelização.

"Esta obra artística única, dirigida a todos os homens do nosso tempo, exigiu cinco anos de trabalho e contou com a participação de 60 mil pessoas, em 70 países do mundo, para ajudar a descobrir os conteúdos da fé professada, celebrada, vivida e rezada", aponta o site Vatican News.

Os textos do Catecismo foram lidos em 37 línguas diferentes por mais de 3000 leitores; 1200 atores em trajes tradicionais, reconstruíram cenas de ficção do Antigo e Novo Testamentos.

A apresentação em Veneza esteve a cargo do padre Antonio Spadaro, diretor da revista jesuíta La Civiltà Cattolica, para quem é necessário aceitar o desafio de "utilizar o poder das imagens para despertar a imaginação coletiva".

"A palavra declinada no digital representa um grande desafio, porque estamos acostumados a ler a palavra num texto que é permanente, ou seja, num pedaço de papel. Porém, quando lemos a palavra num tablet, por exemplo, ou num ecrã, a operação fica um pouco mais complicada, pois o texto pode desaparecer. Portanto, a tarefa de traduzir o catecismo em imagem, transformando-o também em histórias, de grande valor simbólico, representa um desafio importante, mas apropriado para o nosso tempo", aponta.

Em entrevista, Spadaro fala sobre o vídeo-Catecismo:

Durante a pandemia, podemos sugerir uma visão individual ou familiar na web do vídeo-Catecismo, com uma sucessiva partilha da experiência em grupo?

"Quando se coloca um conteúdo em plataformas digitais, não sabemos quem realmente irá utilizá-lo. Certamente, seu uso compartilhado é um elemento muito importante, porque pode ser realizado em qualquer lugar, em qualquer momento, sem vínculos de espaço ou tempo. Por isso, também pode ser compartilhado. Seria muito bonito se isto fosse compartilhado em família, por exemplo, entre grupos de amigos ou mesmo em grupos de reflexão e catequese. Sua utilização é completamente livre".

É significativo que no pontificado de um papa como Francisco, que tanto ama o cinema, uma obra como o Catecismo tenha adquirido a força e a beleza das imagens?

"A beleza das imagens, diz Francisco, é fundamental! Corremos o risco de perder o poder da imaginação. É por isso que as palavras se desgastam e perdem seu sentido. Por isso Francisco, por exemplo, é fascinado pela religiosidade popular, porque produz imagens. Faz com que as palavras do Catecismo, que no fundo é a Doutrina da Igreja, se tornem imagens, isso torna possível um usufruto mais humano. É isso que me impressiona e, em minha opinião, este é o verdadeiro valor da obra".

Os meses do lockdown marcaram um boom de utilizo de plataformas on demand, como Netflix, Amazon Prime, Disney Plus. Poderia ser este, talvez, o momento justo para apresentar as obras de Kolndrekaj, de conteúdo espiritual, mediante estes novos meios de comunicação?

"Com certeza! Este é o momento mais indicado, pois sabemos bem que o ambiente digital faz parte do nosso dia a dia e que as grandes mensagens, também de sentido, passam pelas plataformas digitais. Portanto, o vídeo Catecismo representa, nestas plataformas, um meio apropriado para comunicar a Fé, para compartilhá-la para criar conexão com as pessoas e para dar também a possibilidade de compartilhar a mensagem do Evangelho com um grande número de pessoas. Portanto, trata-se de uma iniciativa importante, que chega em um momento em que há forte necessidade de uma mensagem de esperança e de abertura para o futuro".


Ecclesia/ Vatican News/ Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!