Esporte

18/09/2020 | domtotal.com

Flamengo sofre sua pior derrota na história da libertadores

Rubro negro foi goleado por 5 a 0 pelo Independiente del Valle, em Quito; equatoriano é líder isolado do Grupo A

Partida válida pela Copa Libertadores, foi disputada no estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito, sem a presença de público
Partida válida pela Copa Libertadores, foi disputada no estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito, sem a presença de público (Jose JACOME/AFP)

O Flamengo foi derrotado por 5 a 0 pelo equatoriano Independiente del Valle nesta quinta-feira (17), em Quito. A equipe sofreu sua maior derrota na libertadores e a pior em 11 anos, quando perdeu por 5 a 0 para o Coritiba, no Brasileirão de 2009.

Partida contra del Valle foi válida pela terceira rodada do Grupo A da Copa Libertadores, que voltou a ser disputada nesta semana após a paralisação provocada pela pandemia de coronavírus. Com o resultado, o time equatoriano chegou a 9 pontos e é líder isolado do Grupo A. O Flamengo permanece com 6 pontos, na segunda posição.

 Flamengo irreconhecível

O Independiente Del Valle pressionou o Flamengo desde o apito inicial do árbitro. Logo aos 3 minutos, Gabriel Torres cobrou falta e soltou a bomba para César fazer boa defesa. O time equatoriano chegou mais uma vez aos 16 minutos. Diego não conseguiu dominar na saída da defesa e a bola sobrou para Segovia, que arriscou de perna esquerda. César apareceu bem novamente.

O Flamengo não conseguia trocar passes e continuou sendo dominado pelo Del Valle. Aos 37 minutos, Gabriel Torres recebeu de Guerrero, ficou cara a cara com César, mas chutou nas mãos do goleiro. Dois minutos depois, veio o primeiro gol. Bela troca de passes do time equatoriano pelo meio, que terminou com a finalização precisa de Beder Caicedo para abrir o placar.

Na volta do intervalo, o técnico Domenéc Torrent substituiu Diego por Bruno Henrique. Não adiantou. Logo aos 3 minutos, Preciado recebeu de Murillo e, de fora da área, colocou no ângulo esquerdo de César para aumentar o placar.

O primeiro lance de perigo do Flamengo só ocorreu aos 11 minutos do segundo tempo. Isla tocou para Gabigol, que, de fora da área, arriscou de esquerda. A bola passou perto do gol de Pinos. No contra-ataque, o Independiente Del Valle fez o terceiro. Gabriel Torres avançou pela esquerda e chutou com categoria para balançar a rede rubro-negra.

Com domínio total do confronto, a equipe equatoriana criou muitas chances de gol. Aos 22 minutos, Schunke atravessou todo o campo e passou para Gabriel Torres. O camisa 7 finalizou com força e a bola explodiu no travessão, bateu nas costas de César e, por muito pouco, não entrou.

O quarto não demorou a sair. Aos 35 minutos, o Flamengo saiu mal da defesa e Beder Caicedo recuperou a posse. Ele avançou pela esquerda e entregou para Sánchez, de letra, fazer mais um. Antes do apito final do árbitro, o Del Valle terminou o massacre. Aos 46 minutos, Beder Caicedo chutou de fora da área para fazer o quinto do time da casa. Logo após o último gol, Preciado e Gustavo Henrique receberam cartão vermelho.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Barcelona de Guayaquil na próxima terça-feira (22), às 19h15, no Monumental de Barcelona. O Independiente Del Valle pega o Junior Barranquilla, no mesmo dia às 21h30, no Estádio Metropolitano Barranquilla.


AFP/ Agência Brasil



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!