Cultura

21/09/2020 | domtotal.com

Com cerimônia remota, Emmy 2020 tem 'Watchmen' como grande ganhador

O Emmy foi o primeiro grande evento da temporada de premiações a acontecer durante a pandemia do novo coronavírus

Apresentador Jimmy Kimmel diante de um painel de indicados ao Emmy
Apresentador Jimmy Kimmel diante de um painel de indicados ao Emmy (AFP)

Schitt’s creek, Succession e Watchmen foram os principais vencedores do Emmy 2020. A cerimônia, que ocorreu remotamente por conta da pandemia do novo coronavírus, consagrou a série canadense de humor Schitt’s creek com nove prêmios em todas as categorias voltadas à comédia. Já a minissérie Watchmen e a série de drama Succession, se não levaram para casa todos os prêmios aos quais foram indicadas, também foram grandes destaques na premiação.

Ao lado de algumas estrelas em um Staples Center sem público, os indicados acompanharam a premiação em eventos privados, de suas casas ou quartos de hotel. O 'Oscar da televisão' aconteceu sem inconvenientes e foi o experimento perfeito para a temporada de prêmios de Hollywood em 2021, afetada pela pandemia de Covid-19, que provocou quase 15 mil mortes na Califórnia. Equipes de cinegrafistas acompanharam 138 estrelas em 114 locações em 10 países, um desafio para uma cerimônia ao vivo.

Vencedores

Succession foi a grande vencedora entre as séries de drama. O programa da HBO criado por Jesse Armstrong retrata uma família rica cujo patriarca está decidindo quem deve sucedê-lo como grande comandante do império familiar, o que coloca irmãos e parentes em guerra entre si. A série, que conta com duas temporadas e já foi renovada para uma terceira, venceu quatro estatuetas, incluindo a de melhor ator (Jeremy Strong), série, roteiro e direção.

Regina King recebeu o prêmio de melhor atriz por seu papel em Watchmen com uma roupa que exibia uma foto de Breonna Taylor, uma mulher negra assassinada em um tiroteio policial em sua própria casa, e as palavras "Say her name" (Diga seu nome), um lema repetido nos protestos contra o racismo nos últimos meses nos Estados Unidos.

Uzo Aduba, melhor atriz coadjuvante por 'Mrs America', também usou uma camisa como o nome de Taylor, enquanto Sterling K. Brown, que apresentou o último prêmio da noite, usava uma camisa com as iniciais BLM (Black Lives Matter - Vidas Negras Importam).

Apesar das bolas cantadas de Watchmen, Succession e Schitt’s creek, houve algumas surpresas interessantes, como a vitória de Zendaya como melhor atriz em série de drama por sua participação em Euphoria, Uzo Aduba como atriz coadjuvante em minissérie em Mrs. America e Maria Schrader pela direção de Nada ortodoxa.

Watchmen

Criada por Damon Lindelof, a minissérie Watchmen é inspirada no universo dos quadrinhos escritos por Alan Moore e ilustrados por Dave Gibbons em 1986. Embora não seja uma adaptação, a série se passa anos depois da trama retratada nos quadrinhos.

Nesse mundo, existem super-heróis, mas esses patrulheiros mascarados são, na verdade, tão corruptos quanto os criminosos que eles prendem. A série de Lindelof usa a premissa de Moore e a transporta para a TV de modo a discutir violência policial, punitivismo jurídico e o racismo estrutural nos Estados Unidos.

Os protestos contra a brutalidade policial em relação aos negros que se espalharam pelo mundo em 2020, demonstram como a temática de Watchmen é relevante nos dias de hoje e explicam seu sucesso - tanto que a série da HBO ganhou nada menos que quatro estatuetas nas categorias principais, além de dois prêmios entre as categorias técnicas, anunciadas antes da cerimônia.

"Watchmen é uma história sobre o trauma e as cicatrizes duradoura do terrorismo branco, corrupção e brutalidade policial", disse Yahya Abdul-Mateen II, vencedor na categoria ator coadjuvante de minissérie. O criador da série, Damon Lindelof, dedicou o prêmio de melhor minissérie "às vítimas dos sobreviventes do massacre (racial) de Tulsa de 1921", retratado no primeiro episódio da produção.

Pandemia

O Emmy foi o primeiro grande evento da temporada de premiações a acontecer durante a pandemia do novo coronavírus. Enquanto o Globo de Ouro e o Oscar se salvaram dos efeitos da quarentena, tendo acontecido presencialmente ainda em 2020, o Emmy teve de cumprir rígidos protocolos de higiene para poder acontecer.

Em 2019, o Emmy inovou ao não ter um apresentador. No entanto, com as medidas de distanciamento social, a premiação aconteceu novamente com um mestre de cerimônias, o comediante Jimmy Kimmel. Em seu monólogo inicial, a transmissão usou imagens de arquivo de outras edições mostrando astros e estrelas como Jon Hamm e Elisabeth Moss na plateia antes de revelar que o evento estava acontecendo, na verdade, em um auditório vazio. "Exatamente como na minha formatura", brincou o humorista e apresentador.

Kimmel não se esquivou da questão da pandemia em suas piadas: "é melhor apresentar esse prêmio do que sintomas", ele disse logo no início, e ainda fez uma autocrítica: "pode parecer fútil e desnecessário entregar prêmios no meio de uma pandemia, mas sabe o que também é fútil e desnecessário? Entregar prêmios em qualquer outra época do ano. o que vamos fazer não é necessário, mas é divertido".

Durante a cerimônia, Kimmel voltou a falar sobre a pandemia, mas tingindo a questão com tons um pouco mais políticos - as eleições norte-americanas ocorrem em menos de dois meses. "Watchmen é uma série muito realista, tirando a parte em que eles mostram gente do interior do Oklahoma usando máscara", brincou ele, sobre o fato de muitos habitantes dos estados do sul dos EUA se recusarem a usar máscara durante a pandemia. "É claro que não temos plateia, isso é o Emmy, não o comício do Trump", ele disse.

Algumas poucas atrações, no entanto, estiveram presentes no auditório com Kimmel, como Zendaya, Tyler Perry e Jennifer Aniston. Além disso, um tocante número musical relembrou algumas das estrelas que morreram no último ano, como Naya Rivera (Glee), Diana Rigg (Game of thrones), Chadwick Boseman (Pantera negra) e Kirk Douglas (Glória feita de sangue e Spartacus).

Festa em Toronto

Schitt's Creek, sobre uma família rica que perde tudo, venceu na categoria série de comédia. O elenco estava reunido em evento em Toronto e celebrou o domínio da produção após sua última temporada.

"Nosso programa em seu núcleo é sobre os efeitos transformadores do amor e da aceitação, que precisamos mais do que nunca", afirmou Daniel Levy, que venceu nas categorias direção, roteiro e ator coadjuvante.

Levy criou o programa com o pai, Eugene Levy, que venceu como melhor ator. Catherine O'Hara e Annie Murphy levaram as estatuetas de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante respectivamente.

Lista dos vencedores nas principais categorias do Emmy:

  • Melhor série dramática: Succession;
  • Melhor série de comédia: Schitt's creek;
  • Melhor ator de série de drama: Jeremy Strong (Succession);
  • Melhor atriz de série de drama: Zendaya (Euphoria);
  • Melhor ator de série de comédia: Eugene Levy (Schitt's creek);
  • Melhor atriz de série de comédia: Catherine O'Hara (Schitt's creek);
  • Melhor ator coadjuvante de série de drama: Billy Crudup (The Morning Show);
  • Melhor atriz coadjuvante de série de drama: Julia Garner (Ozark);
  • Melhor ator coadjuvante de série de comédia: Daniel Levy (Schitt's creek);
  • Melhor atriz coadjuvante de série de comédia: Annie Murphy (Schitt's creek);
  • Melhor minissérie: Watchmen;
  • Melhor filme para TV: Bad education;
  • Melhor ator de minissérie ou filme para televisão: Mark Ruffalo (I know this much is true);
  • Melhor atriz de minissérie ou filme para televisão: Regina King (Watchmen);
  • Melhor ator coadjuvante de minissérie ou filme para televisão: Yahya Abdul-Mateen II (Watchmen);
  • Melhor atriz coadjuvante de minissérie ou filme para televisão: Uzo Aduba (Mrs America)

Programas com mais estatueta:

  • Watchmen - 11
  • Schitt's creek - 9
  • Succession - 7
  • The Mandalorian - 7


AFP/Agência Estado/Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!