Ciência e Tecnologia

23/09/2020 | domtotal.com

Facebook elimina páginas falsas da China com conteúdo sobre as eleições dos EUA

Publicações eram de atividades naval no Mar da China, incluindo as embarcações americanas

O Facebook não conectou a campanha ao governo chinês e indicou que sua investigação encontrou vínculos com pessoas na província chinesa de Fujian
O Facebook não conectou a campanha ao governo chinês e indicou que sua investigação encontrou vínculos com pessoas na província chinesa de Fujian (Lionel BONAVENTURE/AFP)

O Facebook anunciou nesta terça-feira (220 que eliminou contas, grupos e páginas falsas da China que publicavam conteúdo relacionado às eleições presidenciais americanas de novembro.

"Eliminamos 155 contas, 11 páginas, nove grupos e seis contas do Instagram, por violarem nossas regras contra a interferência de pessoas ou governos estrangeiros", informou Nathaniel Gleicher, chefe da política de segurança do Facebook.

O Facebook não conectou a campanha ao governo chinês e indicou que sua investigação encontrou vínculos com pessoas na província chinesa de Fujian. A atividade fora da China concentrou-se principalmente nas Filipinas e no Sudeste Asiático em geral, e um pouco nos Estados Unidos, segundo Gleicher.

As publicações referiam-se principalmente à atividade naval no Mar da China Meridional, incluindo as embarcações da Marinha americana, informou o Facebook. Os donos das contas teriam usado técnicas para driblar o firewall da China, que proíbe o uso da rede social americana.

Segundo Gleicher, as pessoas que controlavam as páginas fingiram ser cidadãos locais nos locais que visavam, e tentaram ocultar sua localização usando um software de rede privada virtual. A rede publicou no Sudeste Asiático sobre o interesse de Pequim no Mar da China Meridional, a situação em Hong Kong, e em apoio ao presidente filipino, Rodrigo Duterte, informou o Facebook.

A rede estava ativa desde 2018 e passou recentemente a publicar conteúdo tanto em favor quanto contra o presidente americano, Donald Trump, e seu rival, o democrata Joe Biden, segundo Gleicher.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!