Cultura Música

16/10/2020 | domtotal.com

Após sete meses, Orquestra Sinfônica de SP retoma apresentações presenciais

Devido à remarcação dos concertos, a programação precisou ser ajustada e as apresentações da temporada 2020 se entenderão até o início de 2021

A Osesp não se apresentava com a presença de público desde 14 de março
A Osesp não se apresentava com a presença de público desde 14 de março (Osesp/Divulgação)

A Orquestra Sinfônica do estado de São Paulo (Osesp) retomou nesta quinta-feira (15), na Sala São Paulo, as apresentações presenciais de sua temporada 2020. O grupo não se apresentava com a presença de público desde 14 de março, quando as atividades presenciais foram suspensas por conta da pandemia de Covid-19.

Devido à remarcação dos concertos, a programação precisou ser ajustada e as apresentações da temporada 2020 se entenderão até o início de 2021. A lotação máxima da Sala São Paulo, a casa da Osesp, foi reduzida de 1.470 para 480 lugares.

Nas apresentações, casais ou famílias poderão sentar-se juntos (no limite de até seis pessoas). As demais pessoas terão de manter a distância de duas cadeiras. As fileiras serão ocupadas de forma intercalada, e a escolha dos assentos será feita por ordem de chegada. Em todas as sessões, para evitar trânsito excessivo dentro da sala, a ocupação será feita apenas no piso térreo e, complementarmente, no piso mezanino.

Na sessão de hoje, o destaque ficou para a apresentação da Sinfonia número 1 do compositor alemão Johannes Brahms, peça que será regida pelo maestro Alexander Liebreich.


Agência Brasil



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!