Mundo

30/10/2020 | domtotal.com

'Aprovo'

A gente vai levando e se manifestando, tendo em mente a certeza de que vai passar

Extraordinariamente pulsantes também, as cenas do povo chileno nas ruas, com garra e alegria, celebrando a pá de cal na Constituição espúria da ditadura Pinochet
Extraordinariamente pulsantes também, as cenas do povo chileno nas ruas, com garra e alegria, celebrando a pá de cal na Constituição espúria da ditadura Pinochet (AFP)

Eleonora Santa Rosa*

Semana de sinais de renovação, de ares frescos, de mudança de ventos, com a brisa chegando depois de longo período de tormenta, indicando a passagem para uma estação mais amena, pela dimensão pessoal.

Semana também de fatos históricos: o primeiro cardeal negro americano, o arcebispo de Washington, Wilton Gregory,  nomeado pelo corajoso e sempre surpreendente papa Francisco, que em recente documentário, de modo claro, deu respaldo público a uniões civis de casais do mesmo sexo – "Os homossexuais têm o direito de ter uma família. Eles são filhos de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deve ser expulso ou miserável por isso. O que precisamos ter é uma lei de união civil – dessa forma, eles seriam legalmente contemplados". Ao que parece, Bergoglio acertando o passo da Igreja Católica com o mundo real.

Extraordinariamente pulsantes também, as cenas do povo chileno nas ruas, com garra e alegria, celebrando a pá de cal na Constituição espúria da ditadura Pinochet, enxotando, de vez, o lixo autoritário jurídico produzido durante o período mais sombrio vivido pelo país, marcado pela tortura, por assassinatos e sequestros de crianças, filhos de militantes de esquerda, pela perseguição implacável aos opositores e por uma infinidade de práticas odiosas perpetradas pelo ditador e por seus apoiadores militares e civis. Mesmo com a manipulação de Piñera, outro que será varrido para a lata de lixo da História, a população de modo vibrante e acachapante, em estado de regozijo, por meio de plebiscito, decidiu enterrar a carta chilena de Pinochet – "com 99,85% dos votos contabilizados, o resultado foi a vitória do "aprovo" à nova Carta, por 78,27% contra 21,73% do "rejeito". Os chilenos decidiram que a nova Constituição será construída por meio de uma Assembleia Constituinte totalmente renovada, recuperando a dignidade do papel do Estado em suas atribuições básicas sociais, principalmente o direito à saúde, à educação e à moradia digna.

Nos EUA , a possibilidade real de Biden encerrar de vez o desgoverno execrável do 'homem-laranja', que fez da mentira, do deboche, do preconceito e das atitudes vis o corolário de sua presidência, sob o signo da mortandade pela Covid-19.

No entanto, por aqui, um pouco mais do mesmo, um pouco pior a cada dia. Desfile de cenas grotescas e constrangedoras de um ministro-general da Saúde pífio, humilhado e subserviente ao capitão de araque, em imagem histórica de registro da pobreza de espírito e ausência de brios. Como se não bastasse, a culminância da vergonha vigente na Saúde, consubstanciada no decreto que arrebentaria o SUS, privatizando o Sistema na toada da súcia da Fazenda, revogado depois da gritaria geral.

No mais, a gente vai levando e se manifestando, tendo em mente a certeza de que vai passar.

**Ex-secretária de Estado de Cultura de Minas Gerais, ocupou diversas funções públicas de relevo e desenvolveu projetos de educação patrimonial e de patrimônio cultural de repercussão nacional. Ex-diretora executiva do Museu de Arte do Rio – MAR (de novembro de 2017 a novembro de 2019), é considerada uma das mais experientes e respeitadas profissionais no campo da viabilização, implantação e soerguimento de equipamentos culturais no país. Estrategista e gestora cultural, tem larga experiência editorial; foi responsável pela publicação de mais de meia centena de obras voltadas à história e à cultura de Minas Gerais, tendo sido coordenadora editorial das consagradas Coleções Mineiriana e Centenário da Fundação João Pinheiro. Diretora do Santa Rosa Bureau Cultural, é autora do livro Interstício



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!