Religião

08/11/2020 | domtotal.com

Adesão a Cristo implica em fé responsável

Reflexão do Evangelho do 32º domingo do Tempo Comum - Mateus 25,1-13

A parábola é simplesmente uma chamada para viver a adesão a Cristo de forma responsável e lúcida agora mesmo
A parábola é simplesmente uma chamada para viver a adesão a Cristo de forma responsável e lúcida agora mesmo (Unsplash/Gift Habeshaw)

José Antonio Pagola*
RD

Mateus escreveu o seu evangelho em momentos críticos para os seguidores de Jesus. A vinda de Cristo foi-se atrasando. A fé de muitos se foi relaxando. Era necessário reavivar de novo a primeira conversão recordando uma parábola de Jesus.

O relato fala-nos de uma festa de casamento. Cheias de alegria, um grupo de jovens "saem à espera do esposo". Nem todas estão bem preparadas. Algumas levam consigo óleo para acender as suas tochas; as outras nem sequer pensaram nisso. Acreditam que basta levar tochas nas mãos.

Como o esposo demora em chegar, "a todas entra o sono e adormecem". Os problemas começam quando se anuncia a chegada do esposo. As jovens previdentes acendem as suas tochas e entram com ele no banquete. As inconscientes veem-se obrigadas a sair para compra óleo. Quando voltam, "a porta está fechada". É demasiado tarde.

É um erro procurar um significado secreto para o "óleo": será uma alegoria falar do fervor espiritual, da vida interior, das boas obras, do amor...? A parábola é simplesmente uma chamada para viver a adesão a Cristo de forma responsável e lúcida agora mesmo, antes que seja tarde. Cada um saberá o que é que deverá cuidar.

É uma irresponsabilidade chamar-nos a nós mesmos de cristãos e viver a própria religião sem fazer qualquer esforço por nos parecermos com Ele. É um erro viver em autocomplacência na própria Igreja sem considerar uma verdadeira conversão aos valores evangélicos. É próprio de inconscientes sentirmo-nos seguidores de Jesus sem "entrar" no projeto de Deus que ele quis colocar em marcha.

Nestes momentos em que é tão fácil "relaxar", cair no ceticismo e "ir andando" pelos caminhos seguros de sempre, só encontro uma maneira de estar na Igreja: convertendo-nos a Jesus Cristo.

Publicado originalmente por Religión Digital e traduzida pelo IHU.

*José Antonio Pagola é padre e tem dedicado a sua vida aos estudos bíblicos, nomeadamente à investigação sobre o Jesus histórico. Nascido em 1937, é licenciado em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma (1962), licenciado em Sagradas Escrituras pelo Instituto Bíblico de Roma (1965), e diplomado em Ciências Bíblicas pela École Biblique de Jerusalém (1966). Professor no seminário de San Sebastián (Espanha) e na Faculdade de Teologia do Norte de Espanha (sede de Vitória), foi também reitor do seminário diocesano de San Sebastián e vigário-geral da diocese de San Sebastián.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!