Brasil Política

01/01/2021 | domtotal.com

Paes assume prefeitura do Rio e determina investigações contra Crivella

Prefeito aproveitou o primeiro dia no cargo para lançar quatro investigações sobre corrupção e abuso de poder na administração Crivella

Em seu discurso, prefeito cita publicação de decretos e medidas que também vão ajudar no combate à pandemia. X
Em seu discurso, prefeito cita publicação de decretos e medidas que também vão ajudar no combate à pandemia. X Foto (Em seu discurso, prefeito cita publicação de decretos e medidas que também vão ajudar no combate à pandemia. Beth Santos/Prefeitura do Rio.)
(29 nov) O então candidato à prefeitura Eduardo Paes comemora após votar no segundo turno das eleições municipais
(29 nov) O então candidato à prefeitura Eduardo Paes comemora após votar no segundo turno das eleições municipais Foto (CARL DE SOUZA/AFP)

O novo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), tomou posse nesta sexta-feira, com o anúncio de que lançará investigações diante de denúncias de corrupção envolvendo seu antecessor, o ex-pastor evangélico Marcelo Crivella, aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Crivella foi preso no mês passado e afastado do cargo devido às denúncias, mas Paes colocou mais pressão sobre seu rival nas eleições municipais de novembro. Ele aproveitou o primeiro dia no cargo para lançar quatro investigações sobre corrupção e abuso de poder na administração Crivella.

"Nunca na história da cidade do Rio de Janeiro um prefeito recebeu de seu antecessor uma herança tão perversa", disse Paes na cerimônia de posse. As investigações que ordenou irão se concentrar em denúncias de que o governo Crivella obrigou empresas a pagar propina para obterem contratos de obras públicas; de que houve irregularidades na construção de um hospital de campanha para pacientes com Covid-19; de que foram desviados recursos previstos para a aquisição de equipamento de proteção contra a pandemia; e de que dirigia uma operação chamada "Guardiões do Crivella", cuja missão era impedir que a imprensa reportasse o impacto da crise sanitária.

O ex-prefeito Marcelo Crivella negou as acusações e disse que é vítima de perseguição política.

Caixa da cidade precisa ser recomposto

O prefeito lembrou que precisa recompor o caixa da cidade e reconquistar a boa classificação de risco do Rio de Janeiro pelas agências internacionais:

"Não vamos esperar nem mais um dia. Hoje, sob minha determinação, a Secretaria de Fazenda e Planejamento já apresenta um conjunto de 44 decretos que começam a organizar o caos".

No âmbito fiscal, o prefeito pretende enviar à Câmara pelo menos três propostas, que envolvem ajuste na previdência municipal, reforma dos tributos para melhorar a vida de quem quer empreender no Rio e uma proposta de lei de emergência fiscal para desindexar contratos, desvincular receitas e desobrigar despesas. O combate à corrupção também será prioridade no governo.

A criação do Programa Carioca de Integridade Pública e Transparência – Rio Integridade – uma plataforma de propostas de reformas legislativa, administrativa e institucional – é mais uma medida anunciada por Paes, para garantir transparência na gestão: "Nosso objetivo é fazer com que o Rio passe a ser paradigma nas formas de fazer política e gerir a coisa pública, referência nacional em transparência, integridade e combate à corrupção".

Geração de empregos e medidas para alavancar a economia também foram citadas no discurso do prefeito, ao mencionar a nova secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação. Paes também falou da importância de a cidade ter pastas como as secretarias da Mulher, da Pessoa com Deficiência, de Defesa dos Animais e da Juventude e de Ação Comunitária.

"Faremos um governo antirracista.  Essa chaga brasileira e essa dívida que todos temos com séculos de racismo têm que ser superadas de uma vez por todas.  E nós queremos ser exemplo disso",  afirmou.

Ao fechar seu discurso, Paes lembrou que ele e seus secretários não pretendem ficar administrando crises e sim buscar saída para ela. Ele encerrou citando versos de Adilson Bispo e Zé Roberto, famosos na voz de Almir Guineto: “Deixe de lado esse baixo astral. Erga a cabeça, enfrente o mal. Que agindo assim será vital, para o seu coração”.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!