Cultura

14/01/2021 | domtotal.com

O escarro e o verão na Abissínia

Nada muda para melhor em Pindorama

Aqui jaz o fino de uma bossa que ficou sepultada diante do pior desgoverno de nossa história
Aqui jaz o fino de uma bossa que ficou sepultada diante do pior desgoverno de nossa história (Unsplash/Rafaela Biazi)

Ricardo Soares*

Em um verão na Abissínia ou na porta da Assírio&Alvim ou no mero "vinde a mim as criancinhas", faço minhas certas palavrinhas e evoco certas situações que nos levam a tempos mais cordiais que nos dão conta que éramos felizes e não sabíamos.

Como iria eu imaginar que no verão de 2021 ia ter saudades de um verão de dois anos antes, onde meus olhos se expunham a exuberância de Cartagena das Índias, defronte inclusive à tumba de Garcia Márquez, onde seus ossos nem supõe o realismo nada fantástico que vivemos no aqui e no agora?

Pois assim é se nos parece diante de tantas sucessões de absurdos que fazem 2021 ser apenas o prolongamento de 2020, até porque, pra desgraça nossa, aqui jaz o fino de uma bossa que ficou sepultada diante do pior desgoverno de nossa história, que não dá pão e promove apenas circo de horrores.

Prometi a mim e a muitos amigos (embora eles não saibam) que tentaria pelo menos via textos ser menos desalentado e pessimista e acreditar no tal paraíso perdido que sequer, infelizmente, nunca foi achado. O fato é que, apesar de minhas boas intenções, nada muda para melhor em Pindorama terra ora habitada por uma malta estúpida e ignara que em sua esmagadora maioria cultua falsos valores, falsos ídolos, totens com pés de barro. A eles a minha péssima rima e o meu escarro.

*Ricardo Soares é escritor, diretor de tv, roteirista e jornalista. Publicou 9 livros, dirigiu 12 documentários



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outros Artigos