Religião

18/01/2021 | domtotal.com

Paróquias da Indonésia acolhem 15 mil pessoas que ficaram sem casa após terremoto

Bispos italianos já doaram 500 mil euros para auxiliar as famílias

Milhares de famílias ficaram desabrigadas
Milhares de famílias ficaram desabrigadas (AFP)

Em balanço divulgado nesta segunda-feira (18), já subiu para 81 o número de pessoas que morreram por causa do violento terromoto de magnitude 6.2 que atingiu a Ilha de Sulawesi, na Indonésia. A Caritas local abriu um centro de emergência e está acolhendo 15 mil pessoas nas paróquias, enquanto a Conferência Episcopal Italiana doou 500 mil euros para auxiliar as famílias mais afetadas.

Neste final de semana veio a solidariedade do papa com aqueles que sofrem as consequências do violento terremoto registrado na semana passada na Ilha de Sulawesi, na Indonésia, mas, também, de várias instituições comprometidas em ajudar os centenas de feridos e 19 mil desabrigados. O sismo de magnitude 6.2 não desencadeou um aviso tsunami mas já deixou pelo menos 81 pessoas mortas, segundo o último balanço divulgado na manhã desta segunda-feira.

Com pelo menos três deslizamentos de terra que invadiram várias aldeias, muitas pessoas ficaram presas nos escombros, estradas ficaram bloqueadas e a falta de energia elétrica e de linhas telefônicas tornaram difícil o contato e os pedidos de socorro. A Caritas local, porém, esteve presente desde o início dos resgates quando decidiu abrir de imediato as paróquias de Mamuju e Poliwali como "um centro de emergência para acolher 15 mil pessoas deslocadas", explicou Fredy Rante Taruk, diretor da Caritas da Indonésia.

De fato, as buscas estão concentradas especialmente em cerca de oito localidades da cidade de Mamuju, onde se acredita que ainda haja pessoas presas nos escombros. Enquanto isso, produtos de necessidade básica para a população afetada estão sendo transportados por via aérea e marítima. Aviões de carga com alimentos, tendas, cobertores e outros suprimentos de Jacarta já desembarcaram para efetuar a distribuição aos abrigos temporários.

O apoio também chega de outros países: a Conferência Episcopal Italiana também está se mobilizando em prol das pessoas atingidas pelo violento terremoto, expressando condolências e assegurando orações à população, mas também doando 500 mil euros que serão destinados a quem mais precisa.

A Caritas Italiana, por exemplo, que trabalha há anos naquele país em sinergia com os atores locais, também recorda que todos podem colaborar com contribuições voluntárias que chegarão à Indonésia. Basta seguir as instruções disponíveis no site www.caritas.it, pois "é essencial que todos os esforços sejam feitos para garantir a máxima prontidão para alcançar as áreas mais periféricas e as comunidades mais vulneráveis", "na esperança de que o balanço das vítimas e dos danos não piore ainda mais".


Vatican News



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!