Esporte

01/02/2021 | domtotal.com

Álcool será liberado em camarotes dos estádios da Copa do Mundo de 2022

Catar possui regras rígidas contra o álcool, mas as autoridades cederam em nome da 'hospitalidade'

Catar possui regras rígidas contra o álcool, mas as autoridades cederam em nome da 'hospitalidade'
Catar possui regras rígidas contra o álcool, mas as autoridades cederam em nome da 'hospitalidade' Foto (AFP)
Vista parcial do Estádio de Esportes de Doha, na capital do Catar, 29 de dezembro de 2020
Vista parcial do Estádio de Esportes de Doha, na capital do Catar, 29 de dezembro de 2020 Foto (AFP)

As bebidas alcoólicas estarão disponíveis nos camarotes dos estádios da Copa do Mundo de 2022 no Catar, no momento, porém, apenas para espectadores com ingressos chamados 'hospitalidade', anunciou nesta segunda-feira (1) a empresa responsável por esta oferta, que não será possível para todos os bolsos.

Apesar das regras rígidas do país muçulmano em relação ao consumo de álcool, o anúncio indica que as autoridades concordaram com a possibilidade de servir bebidas alcoólicas nos estádios.

O assunto é recorrente dentro da FIFA, organizadora da competição, desde que o emirado obteve em 2010 a concessão para organizar a Copa do Mundo.

Embora, no momento, nenhuma decisão tenha sido divulgada sobre o consumo de álcool por parte de torcedores com ingressos normais para os jogos.

"Esperamos que as pessoas possam (beber)", disse Jaime Byrom, presidente da MATCH Hospitality, fornecedora dos ingressos de hospitalidade para a Copa do Mundo de 2022, ao anunciar o programa nesta segunda-feira.

"Antecipamos que seremos capazes de servir álcool em nosso programa de hospitalidade", disse ele.

Durante um evento promocional, a MATCH Hospitality revelou a sua oferta 'premium' à venda para a Copa do Mundo: o camarote Pearl Lounge no estádio Lusail, que receberá o jogo de abertura e a final da Copa do Mundo, e que oferecerá "uma seleção de champanhe, sommeliers e vinhos e licores de qualidade".

No momento, o preço do serviço não foi divulgado.

A venda e o consumo de álcool são rigidamente controlados no Catar. Apenas alguns bares e restaurantes em hotéis de luxo têm permissão para fazê-lo, e uma única loja controlada pelo Estado pode vendê-lo para clientes que tenham permissão para consumir o produto.

Os visitantes temporários, inclusive torcedores de futebol, não poderão comprar bebidas alcoólicas nessa loja, em virtude das regras em vigor.

Embora o preço do álcool tenha caído um pouco nos últimos anos, um litro de cerveja normalmente custa mais de US$ 15 e uma taça de vinho geralmente custa US$ 20.

No Catar, a embriaguez em público é crime e tolerância zero é aplicada a pessoas bêbadas ao volante.

O pequeno país do Golfo testou uma 'fan zone' durante o Mundial de Clubes de 2019, onde os torcedores puderam consumir bebidas alcoólicas na área nos arredores de Doha.

Uma cerveja custou cerca de US$ 7 e os torcedores reagiram favoravelmente.

Naquele ano, Hassan al-Thawadi, secretário-geral do Comitê Organizador da Copa do Mundo, declarou que o álcool "não faz parte da nossa cultura, mas a hospitalidade sim".

Não haverá 'fan zone' durante o Mundial de Clubes este ano, que começa na quinta-feira, devido às rígidas medidas de prevenção contra a covid-19.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!