Economia

07/02/2021 | domtotal.com

Exportações de queijos suíços crescem e batem recorde no ano de 2020

Suíça exportou 77.124 toneladas de queijo, o que significa um aumento de 1,6% no volume em relação a 2019

Um casal saboreia um fondue, o amado prato nacional suíço de queijo derretido com vinho branco em uma panela
Um casal saboreia um fondue, o amado prato nacional suíço de queijo derretido com vinho branco em uma panela "caquelon" aquecida por uma chama aberta em uma antiga gôndola de esqui no Restaurante Marzilibruecke em Berna, em 16 de novembro de 2020. O queijo ganhou destaque no país, depois de bater o recorde de exportação, motivado pelas medidas restritivas da pandemia do coronavírus. (STEFAN WERMUTH/AFP)

A organização profissional Switzerland Cheese Marketing anunciou esta semana que as exportações de queijos suíços alcançaram um recorde em 2020, impulsionadas pelo entusiasmo com a cozinha durante os confinamentos e as restrições sanitárias. 

A Suíça exportou 77.124 toneladas de queijo, o que significa um aumento de 1,6% no volume com relação ao ano anterior, indicou um comunicado. O valor das exportações aumentou 3,9%, até 693,8 milhões de francos suíços (R$ 4,82bilhões). 

"Apesar das difíceis condições econômicas vinculadas à pandemia do coronavírus, o nível de exportação de 2019, (que foi) ano recorde, foi superado mais uma vez", comemorou a organização.

"O fechamento dos restaurantes, o teletrabalho, mas também as restrições em termos de lazer obrigaram-nos a ficar mais tempo em casa", o tempo à mesa torna-se um momento de "partilha e convívio" favorável ao consumo de queijos, disse Christa Wettstein, porta-voz da organização.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!