Cultura TV

02/03/2021 | domtotal.com

Lumena: do paredão do BBB ao esquecimento

A eliminação da ativista gritona e mandona

A ativista que chega grandão com o dedo na cara de todo mundo se transformou em uma menininha assustada
A ativista que chega grandão com o dedo na cara de todo mundo se transformou em uma menininha assustada (Reprodução/TV Globo)

Alexis Parrot*

Em algum momento nos últimos 21 anos, todo mundo já se imaginou como participante do Big Brother. Como se comportaria na casa, como reagiria a certas situações já esperadas do programa, que tipo de jogo e alianças tentaria fazer, se engataria um romance no confinamento – são perguntas básicas para quem faz este exercício de imaginação.

Uma das coisas que nunca engoli foram as boas maneiras forçadas entre participantes inimigos ou mesmo entre aqueles com apenas antipatia um do outro. Está longe de ser praxe ver alguém dizer no confessionário que votaria em fulano porque é um mau caráter ou em sicrana porque a odeia, por exemplo.

A tal da "falta de afinidade" sempre foi, desde o início, a desculpa principal para emparedar alguém – mesmo quando sabíamos que a história era bem outra. Dessa vez, a dinâmica imposta pelos próprios participantes mudou radicalmente esta instituição cristalizada do programa.

Há sim uma enorme diferença entre esta edição e a de anos anteriores: um elenco que, na maioria, tem cismado em ser sincero. Provavelmente, Nego Di não é apenas aquilo que mostrou, mas diante das câmeras mostrou sim quem é; assim como Lucas e Karol Conká; esta, o caso mais extremo de sincericídio já visto no BBB. Mentiu pra xuxu, mas nunca deixou de exibir seu caráter inexistente e a personalidade de bruxa. 

Nunca se jogou tanto em toda a história do programa, e raramente o jogo foi tão pesado. Sarah e Projota jogam o tempo todo, mas de maneiras bem diferentes. Enquanto a loira usa da perspicácia para ler seus concorrentes; o rapper só pensa em eliminações, lideranças e lances espetaculares – que, geralmente, não dão em nada. Se acha jogador exímio, mas só mete os pés pelas mãos. A aplaudi-lo embevecido, apenas Arthur – seu fiel cão de guarda.

Um por um seus aliados vão sendo eliminados ou o abandonando pelo caminho – e nem assim ele entendeu ainda que uma mudança de rumo é necessária como estratégia de sobrevivência. Lumena, muito fragilizada nessa altura da competição, percebeu isso e virou outra pessoa.

A ativista gritona e mandona que chega grandão com o dedo na cara de todo mundo se transformou em uma menininha assustada com um choro fininho insuportável de se ouvir. Com as lágrimas borrando a maquiagem pesada dos olhos e os cílios postiços descolando de suas pálpebras, a baiana tem sido a imagem mais fiel da derrota que ela própria cavou para si.

Se este é mesmo um lado de sua personalidade ou apenas fingimento para garantir alguma compaixão entre o público, dificilmente saberemos, porque, afinal, ela sairá hoje á noite do programa.  Sua votação só não será massiva porque está disputando o ranço nacional com o ex-companheiro de jornadas, corres e itinerários, o doravante conhecido como Projócolis.      

Este, sairá do BBB menor do que entrou; mas dará a volta por cima. Tem talento, trajetória artística relevante e ainda acredito que saberá fazer a autocrítica necessária quando chegar o momento. O caso de Lumena é mais complicado: passará o resto da vida questionando não suas atitudes (a arrogância parece ser o que ainda mais prevalece ali), mas o porquê de ter entrado na casa, para que ter ido arrumar esta sarna para se coçar...

Sairá do paredão direto para o ostracismo. A maior bênção que os orixás poderiam conceder a ela seria que todos esquecêssemos a sua triste passagem por nossa televisão.

Frase da semana

Karol Conká, tentando diminuir a gravidade de suas atitudes no BBB, em conversa com Ana Maria Braga no Mais você

"Sou a nova Carminha, Nazaré, algo do tipo".

*Alexis Parrot é crítico de TV, roteirista e jornalista. Escreve às terças-feiras para o DOM TOTAL.

O texto reflete a opinião pessoal do autor, não necessariamente do Dom Total. O autor assume integral e exclusivamente responsabilidade pela sua opinião.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!