Coronavírus

03/03/2021 | domtotal.com

Toque de recolher: Minas cria 'onda roxa' em macrorregiões para conter Covid-19

Situação da pandemia se agravou no estado nos últimos dias

Decisão foi anunciada pelo governador nesta quarta-feira (3)
Decisão foi anunciada pelo governador nesta quarta-feira (3) (Gil Leonardi / Imprensa MG)

Rômulo Ávila

O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), anunciou nesta quarta-feira (3) a criação de medidas mais duras para conter o avanço da Covid-19 no estado. Trata-se da onda roxa, que passa a valer para as macrorregiões Noroeste (que abrange cidades como Paracatu e  Triângulo Norte (da qual fazem parte Uberlândia, Patrocínio, Araguari e outras dezenas de municípios). 

Leia também:

Inicialmente, essas cidades vão ter 15 dias de restrições duras, como toque de recolher e funcionamento apenas do comércio essencial. Outras três regiões serão avaliadas diariamente, com possibilidade de entrarem na nova onda: Triângulo-Sul, Norte e Leste do Sul.

“Onda roxa é uma onda diferente das demais. Não é mais opcional aos prefeitos decidirem se eles vão aderir ou não. A adesão é impositiva para evitar o total colapso da rede de saúde”, disse Zema.

Zema foi questionado se a imposição não iria contra a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que deu poder de decisão às prefeituras para adotarem medidas contra a Covid-19. Na avaliação do governador, a onda roxa trata do âmbito regional. “Realmente há essa prerrogativa dos prefeitos fazerem o que é mais adequado. Mas o mérito aqui é sobre o sistema regional de saúde”, disse.

Além do governador Romeu Zema, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e a superintendente de Vigilância Epidemiológica, Janaína Passos de Paula, participaram da coletiva.

Confira as medidas da onda roxa:

  • Toque de recolher diariamente de 20h às 5h do dia seguinte;
  • Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, exceto em consultas médicas;
  • Proibição na circulação de pessoas sem máscara em qualquer espaço físico;
  • Proibição de reuniões presenciais, inclusive entre parentes que não morem no mesmo imóvel;
  • Instalação de barreiras de vigilância.

Números

Minas Gerais registrou nesta quarta-feira (3) o segundo maior número de mortes pela Covid-19 em 24h, conforme balanço divulgado pela  Secretaria Estadual de Saúde (SES). Foram  227 óbitos no estado,  número fica abaixo apenas do registrado no dia 10 de fevereiro, quando a Covid-19 matou 243 pessoas em 24h.

No total, Minas soma 18.872 óbitos em decorrência da doença e 893.645 casos confirmados da doença, sendo que e 814.932 pessoas venceram a doença.

Confira as cidades que estão na onda roxa a partir desta quinta-feira (4).

Noroeste
Brasilândia de Minas
João Pinheiro
Lagoa Grande
Cruzeiro da Fortaleza
Guarda-Mor
Guimarânia
Lagamar
Lagoa Formosa
Patos de Minas
Presidente Olegário
São Gonçalo do Abaeté
Serra do Salitre
Varjão de Minas
Vazante
Arapuá
Carmo do Paranaíba
Matutina
Rio Paranaíba
Santa Rosa da Serra
São Gotardo
Tiros
Arinos
Bonfinópolis de Minas
Buritis
Cabeceira Grande
Chapada Gaúcha
Dom Bosco
Formoso
Natalândia
Paracatu
Riachinho
Unaí
Uruana de Minas

Triângulo Norte
Cachoeira Dourada
Campina Verde
Canápolis
Capinópolis
Centralina
Gurinhatã
Ipiaçu
Ituiutaba
Santa Vitória
Abadia dos Dourados
Coromandel
Douradoquara
Estrela do Sul
Grupiara
Iraí de Minas
Monte Carmelo
Patrocínio
Romaria
Araguari
Araporã
Cascalho Rico
Indianópolis
Monte Alegre de Minas
Nova Ponte
Prata
Tupaciguara
Uberlândia


Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!