Religião

05/03/2021 | domtotal.com

Oração: capazes de Deus e dos homens!

A oração que favorece e contribui para o desenvolvimento espiritual da humanidade é aquela que conjuga, sem oposição ou dicotomias, uma elevação ao céu e ao irmão

A oração que eleva o homem a Deus não o retira do mundo, mas o coloca nessa esfera secundado pela confiança no absoluto
A oração que eleva o homem a Deus não o retira do mundo, mas o coloca nessa esfera secundado pela confiança no absoluto (Unsplash/Pedro Dias)

Reuberson Ferreira*

Quando em certas manhãs desrezo é por esquecimento, só por desatenção. (Adélia Prado)

Santo Tomaz de Aquino, o doutor angélico, apropriando-se de uma expressão da Igreja primitiva, cunhou a máxima que o homem é capax Dei. Traduzindo com essa afirmação a disposição da humanidade a assemelhar-se e aproximar-se do Senhor, de nutrir uma relação pessoal com Deus. Essa capacidade, além de afiançar a dignidade própria de todo ser humano, aponta-nos para a possibilidade de um contato íntimo com o Senhor que, além dos atos, pode ser nutrido pela oração.

A oração, um privilégio gozado por todos os homens de boa vontade, é uma forma visível de um contato com o transcendente, com Deus. Ela é, na definição do místico Judeu, Abraham Heschel, é um dos três caminhos propostos ao homem moderno para a contemplação da presença divina. A oração, assim, é a seiva que nutre o desenvolvimento espiritual, que alimenta esse desejo pelo infinito, ainda latente nas sociedades hodiernas. A oração, contudo, para tornar-se alento e cumprir essa missão de engrandecer/elevar a vida espiritual, a nosso ver, precisa ser entendida dentro de uma dupla perspectiva: a capacidade de levar a Deus e aos homens.

Leia também:

Num sentido amplo e dilatado, a oração enquanto capacidade de atingir a Deus, no imaginário coletivo, é uma forma de conectar-se com o sagrado.  Essa definição, embora acertada, para alguns, oferece o risco ou a tentação de abstrair ou sublimar a realidade concreta. Nesse sentido, não se trata de uma evolução da vida espiritual pela via da oração, antes de uma involução. A oração que eleva o homem a Deus não o retira do mundo, mas o coloca nessa esfera secundado pela confiança no absoluto. Tal confiança, deve-se dizer, não pode ser um modelo infantil (alienante) que transfere para Deus a responsabilidade e o protagonismo da própria história. Essa confiança, a rigor, é a capacidade de enfrentar as dores e as alegrias, as esperanças e as tristezas, do cotidiano, secundado pela força da esperança e da fé. Seria a personificação daquela expressão de um famoso teólogo teutônico: viver uma "mística dos olhos abertos"

Como um corolário dessa oração que faz o homem capax Dei, que o faz desenvolver sua vida espiritual, surge uma outra face da oração, aquela que torna o homem capaz de atingir o outro, perceber a alteridade, capax hominis. Essa vertente da vida de oração é aquela que nos faz ver o mundo numa mística do cotidiano. Reconhecer os sinais, os traços do Senhor que se revela na sua criação e em toda a humanidade.  Uma oração que, sem pietismos ingênuos, nos ajuda a divisar vestígios de Deus no mundo e buscar consolidar seu projeto de uma humanidade plena e realizada, imagem e semelhança sonhada e quista por Ele.

Assim, a oração que favorece e contribui para o desenvolvimento espiritual da humanidade é aquela que conjuga, sem oposição ou dicotomias, uma elevação ao céu e ao irmão. Uma oração que não nega a sacralidade do mundo, mas que também não a divisa como uma realidade imaginária perfeita que depende exclusivamente da atuação do Senhor. Trata-se de uma oração que eleva as mãos ao céu em prece, mas que também estica as mesmas mãos em direção aos frágeis e necessitados. Ou parafraseando uma   mística de olhos abertos do nosso tempo, a oração que eleva nossa vida espiritual é aquela que divisa as mãos que ajudam como tão sagradas quantos os lábios que rezam.

*Reuberson Ferreira é religioso e sacerdote Missionário do Sagrado Coração. Mestre e Doutorando em Teologia pela PUC-SP.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias