Brasil

11/03/2021 | domtotal.com

Não duvido de mais nada

Ainda creio que um país se faz com homens e com livros

Nunca entraram numa 'loja' de livros nem por curiosidade
Nunca entraram numa 'loja' de livros nem por curiosidade (Unsplash/Freddie Marriage)

Ricardo Soares*

Essa malta que agora nos desgoverna pode comprar livros mas não compra, nunca comprará, jamais comprou. Podem ter acesso ao conhecimento e à história do país, mas não querem. Preferem um passeio ao shopping, meia dúzia de Big Macs, compra de cremes e bugigangas em Paris do que visitas a  livrarias que vendem bons livros (inclusive em português) por um euro.  

Essa malta não levou jamais filhos, sobrinhos ou netos a livrarias porque consideram que os livros são caros. Nunca entraram numa "loja" de livros nem por curiosidade. Não sabem que a inteligência humana catalogou o conhecimento em antropologia, sociologia, etnografia, história, filosofia. O conhecimento mínimo de um pouquinho disso forma uma base crítica minimamente sólida para se entender um país. Mas eles preferem rir. Chamar de "intelectuais" ou "papos cabeças" aqueles que os convidam a ler e pensar. Riem dos que sabem mais para ocultar a própria acachapante ignorância. Mas isso não os impede de serem arautos do evangelho liberal e fascista a pregarem mentiras que leem de terceiros, tão iletrados como eles.

A burrice hoje parece ser mais terrível porque é opcional, já que com a internet o conhecimento está ao alcance de todos. Mas muita gente, com as redes sociais, conforme previu Umberto Eco, regurgita estultices como se verdades fossem. E não se envergonham da própria ignorância. Ao contrário, se orgulham. Se tornou um país patético esse Brasil dos parvos. Não me espanta se essa malta começar a queimar os livros já que não os entendem. É só meia dúzia de jumentos que eles seguem pedirem e eles estarão prontos para atear fogo no conhecimento que não alcançam. Diante das trevas em que vivemos e da crença obtusa em terraplanismo eu não duvido de mais nada. E me perdoem o pessimismo. À guisa de Lobato, ainda creio que um país se faz com homens e com livros.

*Ricardo Soares é escritor, diretor de tv, roteirista e jornalista. Publicou 9 livros, dirigiu 12 documentários

O texto reflete a opinião pessoal do autor, não necessariamente do Dom Total. O autor assume integral e exclusivamente responsabilidade pela sua opinião.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!