Brasil Educação

11/03/2021 | domtotal.com

Mário Sergio Cortella é o convidado da aula inaugural do ano letivo na Dom Helder

Filósofo contemporâneo participará da aula magna trazendo o debate 'Educação e a emergência de múltiplos paradigmas: novos tempos, novas atitudes'

Com linguagem direta e cativante, suas palestras atraem milhares de jovens e adultos, convidando-os à reflexão de maneira estimulante e incentivadora
Com linguagem direta e cativante, suas palestras atraem milhares de jovens e adultos, convidando-os à reflexão de maneira estimulante e incentivadora (Reprodução Instagram)

Isabela Amorim Santiago

Para abrir o ano acadêmico de 2021, a Dom Helder Escola de Direito em conjunto com a Escola de Engenharia e de Ciência da Computação (EMGE) convidam o filósofo e professor Mário Sergio Cortella para uma aula magna, com o tema "Educação e a emergência de múltiplos paradigmas: novos tempos, novas atitudes". A aula terá início às 9h45 desta sexta-feira (12) e é aberta a toda a comunidade acadêmica.

INSCREVA-SE AQUI

Paranaense nascido em Londrina, Mário Sergio Cortella é doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e já foi secretário municipal de Educação de São Paulo (1991–1992) durante a gestão de Luiza Erundina sucedendo o professor Paulo Freire, com quem conviveu e que o orientou em sua tese de doutoramento em Educação.  

Desde o início da década de 1990, Cortella se dedica a ocupar diversas mídias, sempre defendendo a importância da educação para o país e buscando introduzir conceitos de filosofia no público jovem. Sua atuação em programas de rádio, televisão, canal do Youtube, podcasts, distintas redes sociais e palestras o tornaram um proeminente acadêmico, com prêmios e milhões de seguidores. 

O professor Paulo Umberto Stumpf SJ, reitor da ESDHC, disse ser uma grande satisfação realizar a abertura dos trabalhos de 2021, ainda que em regime remoto - em razão da questão sanitária gerada pela pandemia. "O cuidado com a vida e a saúde de todos é nossa prioridade absoluta. Vamos manter essa responsabilidade primeira com a vida humana e, ao mesmo tempo, continuarmos nossas atividades, com excelência acadêmica e cuidado humano, com o mesmo carinho e dedicação tal como fizemos no ano que passou". Para ele, qualidade e eficiência em ensino, pesquisa e extensão têm sido fruto de um grande esforço, de seriedade e dedicação profissional e estudantil em ambas as instituições (ESDHC e EMGE).

O professor Franclim Brito, reitor da EMGE, reforçou o entusiasmo, ainda mais com a oportunidade de ter alguém como Mário Sergio Cortella nesse início das atividades acadêmicas. "O professor Cortella notabilizou-se por sua contribuição, ao longo de anos, em pensar a educação brasileira. Neste momento de redefinição dos parâmetros tradicionais da educação e do novo contexto em que esta se insere, as reflexões trazidas pelo professor certamente nos proporcionarão novos olhares para que possamos seguir em frente", completa Franclim.

Com linguagem direta e cativante, suas palestras atraem milhares de jovens e adultos, convidando-os à reflexão de maneira estimulante e incentivadora. Suas apresentações abordam com frequência a questão da ética, apontando para a necessidade de valorizar o sentido coletivo de sociedade. Tal postura o aproxima de conceitos religiosos fundamentais, como o sentido de comunidade e de alteridade.

Considerado um dos filósofos mais conhecidos do país na contemporaneidade, Cortella traz em seus questionamentos reflexões muito pertinentes sobre a vida, carreira e desafios comuns ao nosso cotidiano. Algumas de suas obras mais conhecidas são Por que fazemos o que fazemos? (2016), Qual é a tua obra? (2009), Viver, a que se destina? (2020), em parceria com o historiador Leandro Karnal, Pensar bem nos faz bem! (2013) e Sobre a esperança: Diálogo (2013), com Frei Betto, escritor e colunista do Dom Total.


Redação Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!