Religião

17/03/2021 | domtotal.com

Novos restos de edifícios cristãos do século 5º são encontrados no Egito

Vestígios arqueológicos mostram a presença da vida monástica de cristãos coptas em oásis

Imagem fornecida pelo ministério do Turismo e das Antiguidades do Egito mostra os restos de antigos edifícios cristãos encontrados
Imagem fornecida pelo ministério do Turismo e das Antiguidades do Egito mostra os restos de antigos edifícios cristãos encontrados (AFP)

Uma missão arqueológica franco-norueguesa descobriu novos restos de edifícios cristãos da Antiguidade tardia no deserto ocidental do Egito, o que indica uma vida monástica na região no século 5º, anunciou neste sábado (13) o ministério das Antiguidades egípcio.

"A missão franco-norueguesa descobriu em sua terceira campanha de escavação em Tell Ganoub Kasr Al Aguz, no oásis de Al-Bahariya, vários edifícios construídos em basalto, esculpidos em pedra e ladrilho", diz um comunicado do ministério.

Correspondem a "seis setores que abrigam os restos de três igrejas, células de monges" cujas "paredes exibem grafite e símbolos com conotações coptas", disse o chefe de antiguidades islâmicas, coptas e judaicas, Osama Talaat, citado no documento.

Também citado pelo ministério, o chefe da missão, Victor Ghica, acrescentou que em 2020 foram encontrados "19 edifícios e uma igreja esculpida em pedra".

A igreja tinha inscrições "religiosas" e bíblicas "em grego" nas suas paredes que indicavam "o carácter monástico da vida na região" e a "presença de monges já no século 5º" da nossa era, acrescentou.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!