Coronavírus

25/03/2021 | domtotal.com

Minas Gerais tem quase 2 mil pessoas na fila por leito hospitalar devido Covid-19

Governo estadual ampliou a onda roxa até o fim da Semana Santa. Romeu Zema diz que mais de 700 pacientes aguardam vaga de UTI em Minas

"Estamos acompanhando um aumento rápido de pacientes em estado grave", diz Zema (Sílvio Avila/AFP)

Mais de duas mil pessoas aguardam uma vaga para ser antendido devido a pandemia da Covid-19 em Minas Gerais. A informação foi confirmada pelo próprio governador, Romeu Zema (Novo). A fila de pacientes com Covid-19 que aguardam um leito de UTI em Minas Gerais tem 714 pessoas. Outros 1.242 infectados pelo novo coronavírus esperam por um leito de enfermaria no estado.

Zema ainda destacou a importância da manutenção das restrições mais rigorosas no estado. “É dessa forma que a propagação do vírus vai diminuir e a ocupação nos hospitais também. Se respeitarmos as medidas necessárias, mais rápido iremos voltar ao normal”.

Onda roxa mantida

Todas as macrorregiões de Minas Gerais permanecerão na onda roxa até o fim da Semana Santa, em 4 de abril. A decisão foi tomada nessa quarta-feira (24) durante reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar o avanço da pandemia no estado.

Conforme o governo, a ‘manutenção das medidas mais restritivas do plano Minas Consciente é necessária para que o sistema de Saúde restabeleça sua capacidade assistencial à população. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) estima que os resultados do isolamento aparecerão com, ao menos, 14 dias de onda roxa nos municípios mineiros’.

As medidas são reavaliadas a cada sete dias pelo Comitê, considerando indicadores como taxa de óbitos, número casos e ocupação de leitos. Os dados atuais da situação da pandemia mostram que a taxa de incidência da covid-19 vem aumentando no estado, chegando a 42% nas últimas duas semanas, o que indica que, nos próximos dias, subirá também o número de internações. Na última semana, houve aumento de 6,1% no número de casos e de 6,8% nos óbitos. Já a positividade está em 43%.

"Ficou decidido hoje (quarta-feira) que o estado vai prolongar até o domingo de Páscoa a onda roxa. Iremos prolongar os 15 dias já estabelecidos previamente para que a gente garanta que a incidência do estado caia e menos pacientes fiquem esperando por leitos nos hospitais", disse o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.  

Ocupação

Outro dado que preocupa o Comitê Covid é que 12 das 14 macrorregiões mineiras têm hoje mais de 90% dos leitos de UTI exclusivo Covid ocupados. Somente Jequitinhonha e Noroeste apresentam ocupação de 68% e 83%, respectivamente. No entanto, a região Jequitinhonha possui um número menor de leitos de terapia intensiva.

Também é ponto de atenção o aumento da incidência da doença em cidades com menos de 30 mil habitantes. Atualmente são apenas 141 municípios desse porte com menos de 50 casos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Em outros momentos da pandemia esse número foi superior a 600 cidades.


Redação Dom Total e Agência Minas



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!