Brasil

30/03/2021 | domtotal.com

Após instabilidade, Inep reconhece problema e diz que site do Enem foi normalizado

O instituto afirma que 'a inconsistência técnica impacta o acesso dos estudantes ao portal'

O instituto afirma que 'a inconsistência técnica impacta o acesso dos estudantes ao portal'
O instituto afirma que 'a inconsistência técnica impacta o acesso dos estudantes ao portal' (Agência Brasil)

A página de divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 apresentou instabilidade de acesso na noite desta segunda-feira (29). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) havia informado que os resultados poderiam ser obtidos a partir das 18h, mas os candidatos relataram dificuldades para ingressar na plataforma. Muitos afirmaram nas redes sociais que sequer conseguem acessar a página do Inep. De acordo com o órgão, o sistema só foi completamente restabelecido às 21h20.

O instituto reconheceu o problema em posicionamento na noite desta segunda-feira, dizendo que "a inconsistência técnica impacta o acesso dos estudantes ao portal". "De acordo com o Serpro, responsável pela aplicação do Acesso Gov.br, cerca de 45% dos estudantes conseguem atendimento normal, mas os demais enfrentam dificuldades devido à lentidão do sistema. Os especialistas da empresa já identificaram a causa do problema e estão empenhados a solucionar a situação até o fim da noite. A previsão é que o sistema esteja completamente reestabelecido até meia-noite", informou.

A divulgação do resultado para os candidatos que fizeram a prova física, o Enem digital e o Enem PPL, modalidade destinada para pessoas privadas de liberdade, estava prevista para após as 18h. Para conferir o desempenho, é necessário acessar a Página do Participante com login e senha individuais do candidato, mas o portal apresenta lentidão e dificuldade de acesso.

Os candidatos também podem conferir o seu desempenho por meio do aplicativo Enem Inep disponível no Google Play (para dispositivos Android) e na App Store (para iOS). Até o momento, o Inep não divulgou o balanço oficial do Enem 2020.

Os candidatos podem acessar a página do participante com o login gov.br, um acesso único a diversos serviços digitais do Governo Federal. Em caso de dúvidas ou dificuldades, o MEC disponibilizou um telefone para consultas: 0800 616161. Procurado, o Inep ainda não divulgou uma previsão de estabilização para o sistema.

Enem 2020: veja como e onde usar sua nota

Os participantes poderão usar a nota para ingressar em universidades federais por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) ainda no primeiro semestre letivo deste ano. Outras universidades, incluindo algumas instituições de Portugal, aceitam a nota do exame em programas de seleção próprios.

Aplicado pela 1ª vez, Enem Digital ocorre neste domingo

O adiamento do Enem provocado pela pandemia de Covid-19 fez com que os candidatos ficassem impossibilitados de participar da primeira edição do Prouni, que concede bolsas em universidades privadas, e do Fies, programa de financiamento estudantil. No entanto, o MEC garantiu que a nota do Enem 2020 poderá ser usada em outras edições dos programas previstas para o segundo semestre.

Sistema de Seleção Unificada (SiSU)

O SiSU seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino superior do país. No entanto, com o adiamento da prova algumas universidades ficarão de fora do programa. Até o momento há 110 instituições cadastradas para ofertar vagas por meio do sistema de seleção.

Como pré-requisito, o candidato precisa ter atingido uma nota acima de zero na redação do Enem. O estudante pode escolher até duas opções de cursos ofertados pelas universidades participantes e o sistema irá selecionar os mais bem classificados de cada curso, de acordo com as notas no exame.

As inscrições para o SiSU vão de 6 a 9 de abril e o resultado da primeira chamada sai no dia 13.

Programa Universidade para Todos (Prouni)

O Prouni oferece bolsas de estudo integrais (100%) e parciais (50%) em instituições particulares de educação superior. O programa é voltado a alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública ou para quem estudou na rede particular como bolsista integral da própria escola. Pessoas com deficiência também podem participar do programa independente de onde tenham estudado. Também há vagas para professores da educação básica da rede pública.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Para se inscrever no Prouni o estudante precisa obter pelo menos 450 pontos no Enem e não pode zerar a redação. O candidato também não pode ter diploma de curso superior.

Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)

O Fies é a modalidade em que o governo financia seu estudo, com cobrança gradual ao longo dos anos. O programa é voltado a estudantes com renda bruta de até três salários mínimos e que tenham feito alguma edição do Enem a partir de 2010. Para se inscrever o candidato deve obter média acima de 450 no Enem e não pode zerar a redação.

A taxa real de juro é zero e o estudante começará a pagar a dívida quando concluir o curso. O valor da parcela varia de acordo com a renda e, se o estudante não possuir renda, deverá pagar o valor mínimo. Saiba mais sobre o Fies aqui.

Ingresso direto em universidades

Algumas universidades que ficaram de fora do SiSU, como a Universidade de Brasília (UnB), vão aceitar a nota do Enem 2020 em processos seletivos próprios. Algumas faculdades privadas também aceitam a nota.

Universidades portuguesas

A nota do Enem também pode ser utilizada para processos seletivos em cerca de 50 instituições de ensino superior de Portugal, que utilizam seus próprios sistemas de regras e pesos de notas para a seleção. Vale ficar de olho na necessidade de revalidação do diploma e possibilidade de exercício da profissão ao voltar para o Brasil. As inscrições, resultados do processo seletivo e lista de espera seguem as regras e calendário de cada instituição. A lista de instituições está disponível no site do Inep.


Agência Estado



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!