Brasil

13/04/2021 | domtotal.com

Polícia Federal investiga tráfico internacional de drogas e apreende 8 aviões privados

Mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram feitos em BH, SP, RJ e Goiânia

As investigações tiveram início em outubro de 2020
As investigações tiveram início em outubro de 2020 (Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda (12), a Operação Flight Level para investigar supostos crimes de tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro envolvendo a remessa de entorpecentes para outros países por meio de aviões privados.

Cerca de 90 agentes da corporação cumprem dois mandados de prisão preventiva e 20 mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte, Lagoa Santa (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Goiânia (GO).

As ordens foram expedidas pela 11ª Vara Criminal Especializada da Seção Judiciária de Minas Gerais, que ainda determinou o bloqueio de 29 contas ligadas aos investigados, suspendeu atividades de seis empresas e ordenou o sequestro de 15 veículos cinco imóveis e oito aeronaves.

Apenas com o sequestro dos bens, a PF diz estimar um prejuízo de aproximadamente R$ 30 milhões ao grupo sob suspeita.

Segundo a corporação, as investigações tiveram início em outubro de 2020, após apreensão, no Aeroporto Internacional de Lisboa, em Portugal, de um avião executivo brasileiro teria partido de Belo Horizonte com 175 quilos de cocaína.

A Polícia Federal aponta suposta participação dos sócios e operadores da aeronave em um esquema de transporte de drogas por meio de aviões privados. "Foi possível ainda identificar que a organização teria utilizado "laranjas" e "fantasmas" para ocultação dos bens auferidos com a atividade criminosa", registrou a corporação em nota.


Agência Estado



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!