Coronavírus

13/04/2021 | domtotal.com

Pelo sexto dia consecutivo, números da Covid-19 caem em Belo Horizonte

Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em BH é de 88,1% - um número ainda considerado bastante alto, mas inferior à situação em que se encontrava até pouco tempo atrás

Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em BH é de 88,1% - um número ainda considerado bastante alto, mas inferior à situação em que se encontrava até pouco tempo atrás
Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em BH é de 88,1% - um número ainda considerado bastante alto, mas inferior à situação em que se encontrava até pouco tempo atrás (PBH)

Um pouco de alívio para os belo-horizontinos em meio à situação caótica que a pandemia de Covid-19 tem imposto nos últimos dias. De acordo com informações da Rádio Itatiaia, a capital mineira chega ao sexto dia consecutivo com redução nos números relacionados à doença. Os dados são do último boletim epidemiológico da Prefeitura de Belo Horizonte dessa segunda-feira (12).

Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em BH é de 88,1% - um número ainda considerado bastante alto, mas inferior à situação em que se encontrava até pouco tempo atrás. Essa é a primeira vez que o índice fica abaixo de 90% desde 15 de março. O valor ainda é considerado o menor desde 10 de março, quando a ocupação chegou 86,1%.

Já em relação aos leitos de enfermaria, o índice caiu para 69,6%, saindo do nível vermelho para o amarelo. O número médio de transmissão por infectado (RT) também sofreu uma queda, chegou a 0,89 - o que significa uma menor taxa de transmissão por pessoas que estão com a doença na região.

Nesta quarta-feira, o comitê de enfrentamento à pandemia vai se reunir junto com o prefeito Alexandre Kalil (PSD) para avaliar a possibilidade de relaxamento das medidas de segurança e uma possível reabertura de parte do comércio na capital mineira.

A queda nos índices faz a capital mineira ficar num cenário "administrável" no enfrentamento ao coronavírus, segundo o infectologista Unaí Tupinambás, membro do Comitê de Enfrentamento a à Pandemia da Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte.

"A gente está numa situação administrável neste momento, mas, no entanto, lembrando que a situação ainda é muito crítica. Todo cuidado ainda é pouco, isso mostra que estamos no caminho certo aqui em Belo Horizonte e em breve a gente pode começar a pensar em flexibilizar alguma atividade comercial na cidade", disse.

Leia também:

Ampliação da vacinação

A Prefeitura de Belo Horizonte recebeu nova remessa de vacinas contra a Covid-19 e vai ampliar a imunização para idosos de 63 anos, completos até 30 de abril, a partir desta quarta-feira (14). Os trabalhadores da saúde entre 43 e 49 anos (cadastrados no site da Prefeitura até o dia 9 de abril às 23h59) também serão vacinados a partir de quinta-feira (15). No sábado (17), a Prefeitura antecipará a segunda dose da vacina contra a Covid-19 de idosos de 74 e 73 anos. O prazo segue as recomendações do Ministério da Saúde e a aplicação deve ser feita com um intervalo de 14 a 28 dias para os imunizados com a Coronavac.

Veja a programação:

- 63 anos: de quarta-feira (14) até sexta-feira (16);
- Trabalhadores da saúde entre 43 anos e 49 anos (cadastrados no site da Prefeitura até 23h59 do dia 9 de abril): de quinta-feira (15) até sexta-feira (16);
- Segunda dose de idosos de 74 e 73 anos: sábado (17).

Idosos com 63 anos

A vacinação acontece de 7h30 às 16h30 nos centros de saúde da capital e postos fixos (confira os locais neste link). As nove Unidades de Atendimento 24h não Covid, que estão em funcionamento nas sedes de centros de saúde, estão exclusivas para atendimentos aos casos de baixa e média complexidade não respiratórios e não está sendo feita a aplicação de vacinas. O endereço dos locais está disponível no portal da Prefeitura. O horário de funcionamento dos pontos drive-thru é das 8h às 16h30.  

Trabalhadores da saúde  

Para receber a primeira dose da vacina, o trabalhador da saúde cadastrado deve cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser trabalhador da saúde em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;
  • Ter preenchido o cadastro para a vacinação de trabalhadores da saúde, de forma válida, até 23h59 de 9 de abril;
  • Ter completado 43 anos ou mais até 30 de abril;
  • Não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 15 dias;
  • Não ter tido Covid com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Nesta quinta-feira (15), a imunização dos trabalhadores da saúde será feita em pontos exclusivos. Os endereços estão disponíveis no portal da Prefeitura. Caso o trabalhador cadastrado não compareça aos pontos de vacinação nessa data, é necessário procurar um dos locais disponíveis nesta lista, levando todos os documentos, entre 7h30 e 16h30. No momento da vacinação, o trabalhador precisa levar:

  • Documento de identificação com foto;
  • Registro no conselho profissional (para profissionais de saúde); 
  • Documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado em Belo Horizonte por meio da apresentação de Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos 3 meses; ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou Contrato de trabalho; ou Relatório do CNES; ou Declaração de Imposto sobre a Renda - Pessoa Física 2020 ?" ano-calendário 2019, ou 2021 ?" ano-calendário 2020, com a identificação da ocupação principal declarada; ou Declaração de vinculação ativa como trabalhador de saúde emitida pelo serviço de saúde (conforme modelo).

Segunda dose para idosos de 74 e 73 anos

A antecipação da aplicação da segunda dose da vacina neste público será nos postos fixos, extras e pontos de drive-thru das 7h30 às 13h de sábado (17). O endereço dos locais está disponível no portal da Prefeitura.

É necessário que o idoso leve documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do cartão de vacinação que conste a aplicação da primeira dose.


Redação Dom Total com informações da Rádio Itatiaia e PBH



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!