Coronavírus

14/04/2021 | domtotal.com

Lugar de 'perda de controle' da Covid-19, diz OMS sobre o Brasil

País tem no presidente Bolsonaro um negacionista da gravidade da doença

Postura do presidente Bolsonaro na pandemia é relacionada com o avanço da Covid-19 no Brasil
Postura do presidente Bolsonaro na pandemia é relacionada com o avanço da Covid-19 no Brasil (Sergio Lima/AFP)

O diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mike Ryan, citou nesta quarta-feira (14) o Brasil como um caso de "perda de controle" na luta contra a pandemia. Durante sessão virtual de perguntas e respostas da entidade sobre a Covid-19, Ryan afirmou que a situação atual no mundo é "muito instável", com piora nos números. "Infelizmente estamos vendo muitas mortes em muitos países", comentou.

Ryan disse que ainda não foi atingido o objetivo de vacinar os mais vulneráveis em toda parte. Ele admitiu que há pessoas que enfrentam dificuldades para manter medidas que evitam transmissões, como o distanciamento social, pois precisam trabalhar para sobreviver.

Também presente no evento, a diretora técnica da resposta da OMS à pandemia, Maria Van Kerkhove, destacou a alta recente nos casos em alguns países.

Segundo ela, nos últimos dias houve avanço nos registros da doença em Índia, EUA, Brasil, Turquia e França. Ela advertiu ainda para o fato de que as mortes pela doença crescem no mundo e também para a existência de novas cepas, mais contagiosas.

Ryan disse que as vacinas não podem controlar a onda atual de contaminações, já que há escassez de imunizantes em grande parte do mundo. "Temos de confiar em todas as medidas, não apenas em vacinas", lembrou, referindo-se a medidas como o uso de máscaras e o distanciamento social.

Ele ainda comentou que, se a perspectiva de haver vacinas induzir as pessoas a reduzirem as medidas de segurança agora, isso pode ser contraproducente na emergência de saúde.

Mortes

O Brasil registrou nesta quarta-feira (14) 3.459 óbitos causados pela Covid-19, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados neste dia 14 de abril. Com os registros, o país supera a marca de 360 mil mortes e atinge 361.884 vidas perdidas para a doença.

O levantamento do Conass, que compila dados de secretarias de Saúde dos 26 estados e do Distrito Federal apontou ainda 73.513 novos casos de Covid-19 em 24 horas, com um total de 13.673.507 registros desde o início da pandemia.


Agência Estado/DomTotal



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!