Esporte

04/05/2021 | domtotal.com

Seis brasileiros avançaram às oitavas de final do Circuito Mundial de Surfe

Campeões mundiais Gabriel Medina e Ítalo Ferreira seguem na disputa como líder e vice no ranking mundial

Etapa está acontecendo em Margaret River, na Austrália
Etapa está acontecendo em Margaret River, na Austrália (afp)

Seis brasileiros avançaram às oitavas de final da etapa Margaret River (Austrália)do Circuito Mundial na madrugada desta segunda-feira (03) e se juntaram à gaúcha Tatiana Weston-Webb, classificada no último sábado (1º). Seguem na disputa os campeões mundiais Gabriel Medina e Ítalo Ferreira - líder e vice no ranking mundial, respectivamente - Caio Ibelli, Filipe Toledo, Jadson André e Peterson Crisanto. Logo mais, às 20h (horário de Brasília), ocorre a primeira chamada das baterias das oitavas.

Primeiro brasileiro a se classificar, o paranaense  Peterson Crisanto levou a melhor sobre o australiano Owen Wright: venceu por 14,76 contra nota 12,60 do adversário. Hoje à noite, Crisanto duela com o havaiano John John Florence, terceiro colocado no ranking da World Surf League (WSL). Florence é bicampeão em Margaret River e tirou ontem (2) a primeira nota dez na disputa masculina. 

“Eu gosto quando o mar está grande assim, porque consigo mostrar o meu surfe, ainda mais contra o Owen (Wright) que é um ótimo competidor”, disse Crisanto em depoimento ao site da WSL.

O bicampeão Gabriel Medina conseguiu vencer de virada o  australiano Connor O’Leary. O brasileiro passou sufoco no início da bateria, ficando atrás 1,9 ponto de O’Leary, mas desceu boas ondas e concluiu a disputa com 14,97 contra 11,57 do australiano. O próximo adversário de Medina será o havaiano Seth Moniz. 

“Agora é seguir passo a passo, bateria por bateria, porque todo mundo no circuito é difícil de enfrentar, então vou manter meu foco”, afirmou Medina.

O atual campeão Ítalo Ferreira sobrou diante do veterano Adrian Buchan, da Austrália. O potiguar alcançou 15,57 contra 10,50 de Buchan. Ítalo disputará vaga nas quartas contra o compatriota Caio Ibelli, que foi semifnalista da etapa australiana em 2019. Caio superou o francês Michel Bourez, com nota final 17,04 contra 13,24 do rival. Se Ítalo avançar às quartas,  subirá para o topo do ranking mundial, e Medina cairá para a vice-liderança. 

"Eu amo o que faço e quero mais eventos assim, com ondas de verdade. Sinto que competir em beach breaks (praias com fundo de areia) não é o meu forte. Aqui eu consigo me soltar e parece até que estou fazendo um freesurf (sessão de treinos), me divertindo bastante e bem relaxado", contou.

Fechando a classificação na madrugada desta segunda, o potiguar Jadson André venceu raspando o catarinense Yago Dora - André com resultado final de 10,90 contra 10,46 de Dora. Jadson fará o outro embate de brasileiros por vaga nas quartas de final: o adversário será Filipe Toledo que eliminou o paulista Miguel Pupo da disputa. Toledo concluiu a série com 13,73 contra 11,33 de Pupo.


Agência Brasil



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias