Religião

04/06/2021 | domtotal.com

Ecologia: uma urgência para nossos tempos?

A relação com o ambiente tem que ser por inteiro

A questão ecológica se sobressai como um fator de necessidade para que se renove o modo como o ser humano se relaciona com a natureza
A questão ecológica se sobressai como um fator de necessidade para que se renove o modo como o ser humano se relaciona com a natureza (Unsplash/Guillaume de Germain)

Robert Henrique Sousa Dantas*

Diante dos fatos históricos atuais, como a pandemia da Covid-19, por que se torna necessário pensar a ecologia como uma urgência dos nossos tempos? Será que a ecologia merece destaque nos debates e nas reflexões efetuadas pelas pessoas?

O termo ecologia foi criado em 1866 pelo biólogo alemão Ernest Haeckel, que tinha como ideal realizar estudos das relações entre os seres vivos e o ambiente onde habitam. Com o passar do tempo, este termo foi se aperfeiçoando e ganhando destaque em outras áreas do saber, como na política, na filosofia, na sociologia, na antropologia dentre outras, não ficando preso à concepção biológica inicial.

Leia também:

Com a racionalidade moderna, o ser humano construiu um modo de pensar que separa o mundo natural, passando a ter todas as realidades como objeto separado de si e, assim, se autodenominando um ser superior aos demais seres. Foi dessa forma que a natureza passou a ser objeto de exploração predatória para obtenção de lucro e poder.

Essa objetificação é percebida por Davi Kopenawa quando ele afirma que os brancos usam a palavra "meio ambiente". O autor argumenta que "Para nós, o que os brancos chamam assim é o que resta da terra e da floresta feridas por suas máquinas. É o que resta de tudo que destruíram até agora. Não gosto dessa palavra meio. A terra não deve ser recortada pelo meio. Somos habitantes da floresta, e se a dividirmos assim, sabemos que morreremos com ela". (KOPENAWA, 2015, p. 284).

Essa destruição é vista diariamente quando áreas naturais são derrubadas para a criação de gados destinados ao mercado de carne bovina, quando milhares de insetos são mortos devido aos agrotóxicos que são pulverizados em alimentos, quando inúmeros peixes desaparecem nos oceanos para alimentação humana, produção de biodiesel ou outros óleos, ou, quando toneladas de lixo são produzidas diariamente devido ao consumo exacerbado do ser humano sem o descarte correto ou reaproveitamento dos materiais.

Mesmo com todo o desenvolvimento tecnológico ?" com o nomeado "avanço do homem" ?" em pleno século 21, a realidade é: o aumento do aquecimento global, perda da biodiversidade e crises sociais. A ecologia se torna uma questão de extrema urgência, caso contrário, ter-se-á uma extinção em massa de vários seres vivos no planeta incluindo, obviamente, os seres humanos, pois tudo e todos/as fazem parte do planeta Terra.

Pensar a ecologia é refletir sobre a existência humana, em seu caráter ético e no modo como os seres humanos lidam com o mundo e com todos os seres ao seu redor. Com a fatalidade da pandemia, tornou-se urgente pensar o valor que a vida possui em suas múltiplas manifestações, tornando evidente a urgência da sustentabilidade enquanto paradigma que permitirá a continuidade de uma vida melhor para todos os seres que habitam o planeta Terra.

Dessa forma, a questão ecológica se sobressai como um fator de necessidade para que se renove o modo como o ser humano se relaciona com a natureza no intuito de estabelecer práticas cada vez mais harmoniosas e sustentáveis. A manutenção da vida no mundo em que vivemos está cada vez mais dependente destes preceitos e isso fica bem mais visível nestes tempos de pandemia.

A urgência de se colocar em evidência a questão ecológica exige que repensemos o nosso estilo de vida baseado no consumo exacerbado e também que aprendamos com os povos indígenas e com o que nos ensina Davi Kopenawa, que diz que a relação com o ambiente tem que ser por inteiro, compreendendo-nos como parte de um todo.

*Graduado em Filosofia pelo Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA) em Belo Horizonte - MG e graduando em Direito pela Faculdade Arnaldo em Belo Horizonte - MG. E-mail: robertprados777@gmail.com.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!