Coronavírus

15/06/2021 | domtotal.com

Minas projeta 1ª dose para todos acima de 18 anos até outubro: veja calendário

Secretário de Saúde Fábio Baccheretti frisou que para o cumprimento do calendário estadual é necessário que o governo federal cumpra com as datas previstas para entrega das doses

Em Belo Horizonte, a prefeitura antecipou a aplicação nesta semana para a segunda dose da vacina AstraZeneca para trabalhadores da saúde de 60 anos ou mais
Em Belo Horizonte, a prefeitura antecipou a aplicação nesta semana para a segunda dose da vacina AstraZeneca para trabalhadores da saúde de 60 anos ou mais (João Viana / Semcom)

Durante uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (15), o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti anunciou o calendário de vacinação contra a Covid-19 para o estado.

  • Junho: Vacinação para pessoas com idade entre 55 e 59 anos
  • Julho: Vacinação para pessoas com idade entre 50 e 54 anos
  • Agosto: Vacinação para pessoas com idade entre 35 e 49 anos
  • Setembro: Vacinação para pessoas com idade entre 25 e 34 anos
  • Outubro: Vacinação para pessoas com idade entre 18 e 24 anos

De acordo com Fábio Baccheretti, para que o cronograma seja cumprido é necessário que o governo federal cumpra com a previsão da distribuição de doses. Em junho, por exemplo, está previsto que o Ministério da Saúde receba 10 milhões de doses, "sendo que Minas Gerais, normalmente, recebe 10% das vacinas", explicou. 

Para julho, a previsão é de 35 milhões de doses; 68 milhões de doses no mês de agosto e 62,5 milhões em setembro. Em outubro, o número deve ser de 65 milhões. "Qualquer atraso de distribuição pode impactar o nosso calendário", ponderou Baccheretti.

Ainda segundo o secretário, mais de 8 milhões de doses já foram aplicadas em Minas Gerais. Sendo que cerca de 25% da população já tomou a primeira dose, e 12% já tomou a segunda dose. "3/4 de todo grupo prioritário já tomou sua primeira dose", frisou Baccheretti.

Em Belo Horizonte, a prefeitura antecipou a aplicação nesta semana para a segunda dose da vacina AstraZeneca para trabalhadores da saúde de 60 anos ou mais. Também, desde segunda-feira, está vacinando gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto independentemente da evolução da gestação) com comorbidades.

Para ser imunizado com a segunda dose é necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade e CPF. A prefeitura informa que "aguarda orientação e doses necessárias para vacinar gestantes e puérperas sem comorbidades e reafirma a disponibilidade de pessoal e de todos os insumos necessários para a imediata continuidade do processo".


Redação



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!