Esporte Futebol Nacional

17/06/2021 | domtotal.com

Marcelo Moreno confirma Covid-19 e pede desculpas à Conmebol por críticas

Jogador do Cruzeiro criticou entidade pela realização da Copa América na pandemia

Jogador está isolado em hotel de Goiânia
Jogador está isolado em hotel de Goiânia (AFP)

Após virar alvo de um expediente disciplinar por parte da Conmebol, o atacante Marcelo Moreno veio a público mais uma vez para falar de pandemia e da Copa América. O jogador, contudo, evitou polêmicas. Ele confirmou que contraiu a Covid-19 e pediu desculpas à entidade pelas críticas feitas na terça-feira (15).

Em comunicado divulgado pela Federação Boliviana de Futebol, o jogador afirmou que não foi ele que escreveu as mensagens publicadas em sua conta no Instagram. Diante de uma notícia sobre o aumento de casos de Covid-19 na Copa América, Moreno atacara a Conmebol no seu perfil, que tem verificador de conta.

"Obrigado a vocês da Conmebol por isso. A culpa é totalmente de vocês. Se morre uma pessoa, o que vocês vão fazer? O que importa é somente o dinheiro, a vida do jogador não vale nada?", questionou o jogador do Cruzeiro, ao publicar notícia sobre os 52 casos de Covid-19 confirmados no torneio.

Neste comunicado, ele recuou. "O que foi expressado na publicação da minha conta no Instagram não foi uma declaração textual que dei pessoalmente, razão pela qual não foi minha intenção gerar polêmica, ofender ou questionar, a Confederação Sul-Americana de Futebol, nem suas autoridades", disse o jogador, sem explicar quem teria postado a mensagem.

"Lamentavelmente, minha preocupação pela situação do meu contágio de Covid-19, que me impediu de jogar com minha querida seleção boliviana na estreia da Copa América 2021 e pela pandemia em geral que nos afeta a todos, foi interpretada de maneira incorreta por quem é encarregado de realizar minhas comunicações públicas", declarou, ao confirmar que foi um dos três casos positivos no elenco boliviano.

"Tem sido dias muito difíceis para todos e com muita pressão a partir dos jogos da Eliminatória, e dentro deste cenário ocorreu tudo isso. Entendo que a Conmebol tem feito um esforço por organizar a Copa América para manter a competitividade e o rendimento esportivo das seleções, visando o Mundial, enquanto a mesma situação da pandemia nos gera situações que são complicadas para relevar."

Por fim, ele pediu desculpas pelo episódio. "A todas as pessoas que tem se sentido ofendidas pelo ocorrido, pelo bem da minha querida seleção e de todas as pessoas que amam o futebol, espero que minhas palavras sirvam para trazer tranquilidade e que o torneio continue oferecendo alegrias em meio a momentos adversos que estamos vivendo."

Moreno não revelou como está seu estado de saúde. Mas indicou que tem poucas chances de jogar nesta Copa América. "A doença não me permite ter certeza do tempo de retorno", afirmou.

As declarações do atacante na terça haviam causado incômodo na Conmebol, que decidiu abrir o expediente disciplinar para ouvir o jogador. O atacante tinha até esta quinta-feira para se manifestar sobre o caso. Agora a entidade deve avaliar o conteúdo do seu comunicado. Se for enquadrado no Artigo 7 do Código Disciplinar da Copa América, Moreno poderá sofrer advertência, multa e até perder eventual premiação conquistada no torneio.


Agência Estado



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!