Coronavírus

01/07/2021 | domtotal.com

Com um terço das mortes por Covid no mundo, América Latina está longe do fim da pandemia

Apenas 1 a cada 10 pessoas na América Latina e no Caribe foi totalmente vacinada

Mulher reza enquanto visita familiar infectado pela Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva do hospital El Cruce - Dr. Néstor Kirchner, em Florencio Varela, Argentina, em 13 de abril de 2021
Mulher reza enquanto visita familiar infectado pela Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva do hospital El Cruce - Dr. Néstor Kirchner, em Florencio Varela, Argentina, em 13 de abril de 2021 (Ronaldo Schemidt/AFP)

O fim da pandemia de Covid-19 permanece "um futuro distante" para a América Latina e o Caribe, declarou nesta quarta-feira (30) a OPAS, o escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A América Latina e o Caribe representam apenas 8% da população mundial, mas respondem por quase um terço das mortes por Covid-19 desde que o escritório da OMS na China reportou o aparecimento da doença em dezembro de 2019. E soma mais de um quinto das infecções globais.

"Este vírus atingiu todos os cantos do mundo e mudou o curso da história", disse Carissa Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em uma entrevista coletiva. "E embora estejamos vendo algum alívio do vírus nos países do hemisfério norte, para a maioria dos países de nossa região o fim ainda é um futuro distante", apontou.

A OPAS disse que as infecções estão diminuindo nos Estados Unidos e Canadá, enquanto reportou altas no México, especialmente nos estados de Quintana Roo e Baja California e na Cidade do México.

Também observou um aumento de novas infecções por coronavírus em Belize, Panamá e Guatemala, bem como em Cuba, República Dominicana e São Cristóvão e Névis. E disse que a situação no Haiti está piorando.

Na América do Sul, muito atingida nos últimos meses pelo vírus, os casos continuam aumentando na Colômbia, Brasil, Bolívia e Uruguai. Na Argentina, embora tenha ocorrido uma redução, ainda há uma incidência elevada.

Etienne descreveu as perspectivas como "preocupantes" e enfatizou que apenas uma em cada dez pessoas na América Latina e no Caribe foi totalmente vacinada contra a Covid-19.

"Atualmente, poucos lugares estão se beneficiando do potencial de proteção total das vacinas, pois existe uma grande lacuna de acesso em nossa região", denunciou. "Isso é inaceitável, e o surgimento de variantes torna ainda mais urgente acelerar o fornecimento para os locais com maior transmissão", disse.

Etienne também alertou sobre o risco de um aumento nas infecções por Covid-19 nas Américas devido às férias de verão no norte, a temporada de furacões e o impacto da gripe no inverno austral.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!