Cultura Cinema

08/07/2021 | domtotal.com

Em Cannes, o longa 'Libertad' faz homenagem às domésticas latino-americanas

Obra de estreia da espanhola Clara Roquet tem semelhanças com 'Que horas ela volta'

Duas adolescentes criam forte amizade ignorando as diferenças de classe, em 'Liberdad'
Duas adolescentes criam forte amizade ignorando as diferenças de classe, em 'Liberdad' Foto (Divulgação)

A obra de estreia de Clara Roquet, Libertad, único longa-metragem espanhol presente este ano no Festival de Cannes, torna visíveis as trabalhadoras domésticas latino-americanas que deixaram para trás as suas famílias para cuidar de outras na Espanha. Em vários momentos, o filme lembra o brasileiro Que horas ela volta: a distância entre filha emãe, que partiu para tentar uma vida melhor longe da família, a chegada dafilha adolescente e arelação de desigualdade social. 

Roquet, que para este primeiro filme apresentado na Semana da Crítica é elegível para a Câmera de Ouro, não pôde comparecer ao concurso porque testou positivo para Covid-19.

A história é centrada em uma família rica que passa as férias em sua residência de verão. A vida de Nora, de 15 anos, virou de cabeça para baixo com a chegada de Libertad, filha da empregada doméstica da casa e recém-chegada da Colômbia.

As duas garotas iniciam uma amizade que as fazem descobrir novos horizontes, sem pensar que vêm de mundos opostos. Isso as levará a questionar o que suas famílias querem impor a elas. "Essas duas garotas, relacionando-se com o que é herdaram e rejeitando isso" são o núcleo do filme, diz Roquet, de 32 anos, por telefone.

A diretora catalã explica que o projeto surgiu depois do curta El adiós, sobre uma cuidadora latino-americana. Durante sua preparação, falou com muitas dessas mulheres e muitas concordaram que a pior coisa era "ter deixado seus filhos para trás para cuidar de outras famílias". "Foi um trauma muito grande", comenta.

Daí nasceu a ideia de contar a história de Libertad, uma menina ousada e determinada que se recusa a deixar que sua vida seja como a de sua mãe Rosana. Encontrar a atriz para interpretar o papel foi difícil, Roquet admite. Mas em um street casting na Colômbia conheceu Nicolle García, com cabelo azul e patinando na rua.

"Barreiras de classe"

A diretora queria focar a história em duas adolescentes porque, segundo ela, nesse período é "um pouco quando se funda a identidade, às vezes em oposição aos pais". E embora quisesse filmar do ponto de vista da colombiana, logo percebeu que não sabia o suficiente sobre esse lado da história e preferiu contá-lo pelos olhos de Nora, uma "boa menina", como Libertad a define no filme.

O filme aborda outros assuntos, como relações familiares e doenças. "Há confrontos em vários níveis, geracional, de classe, cultural (...) Tive muito interesse em colocar todas essas tensões dentro de casa e ver o que acontecia", diz a diretora.

A matriarca da família, interpretada por Vicky Peña, sofre de Alzheimer, doença que também sofreu a avó da diretora. "É como uma perda de memória familiar, uma perda de identidade", diz Roquet. E com o esquecimento, a avó valoriza cada vez mais sua cuidadora e "perde essas barreiras de classe que os outros (familiares) têm".

Além do filme de Roquet, a Semana da Crítica, seção dedicada a novos talentos, inclui Amparo, do colombiano Simón Mesa Soto, sobre uma mãe que faz de tudo para impedir que seu filho seja mandado para uma área de guerra.

Este ano, o cinema espanhol está pouco presente em Cannes. Junto com Libertad, dois curtas-metragens são exibidos na Quinzena dos Realizadores (Sycorax e The windshield wiper), o documentário Buñuel, um cineasta surrealista de Javier Espada e uma versão restaurada de El camino de Ana Espada Mariscal, ambos na seção Clássicos de Cannes.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.