Religião

27/07/2021 | domtotal.com

Julgamento de cardeal por escândalo financeiro tem início no Vaticano

Documentos indicam desvio, fraude, abuso de poder e lavagem de dinheiro

(Arquivo) Cardeal italiano Giovanni Angelo Becciu, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em 28 jun. 2018
(Arquivo) Cardeal italiano Giovanni Angelo Becciu, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em 28 jun. 2018 (ANDREAS SOLARO/AFP)

A compra de um luxuoso edifício em Londres e a rede de empresas e fundos que deixaram um rombo nas finanças da Santa Sé são o eixo de um julgamento que começa nesta terça-feira (27), no Tribunal Criminal do Vaticano, um escândalo que afeta a imagem da Igreja.

No banco dos réus, estará o destituído cardeal italiano Angelo Becciu, que foi Substituto da Secretaria de Estado do Vaticano entre 2011 e 2018, um dos cargos mais poderosos da Cúria Romana, e um conselheiro muito próximo do papa Francisco.

O julgamento deve determinar se a Santa Sé foi fraudada por um grupo de empresários inescrupulosos, ou se se tratou, na verdade, de um sistema de corrupção interna envolvendo importantes líderes da Igreja.

O processo, que deve durar vários meses, será realizado em uma sala especialmente preparada para sua realização, nos museus do Vaticano. Um grupo limitado de jornalistas poderá acompanhar as sessões.

A primeira audiência será dedicada a questões técnicas, baseadas na complexa acusação de 500 páginas, fruto de dois anos de investigação.

Entre os dez acusados, metade estava a serviço do Vaticano durante a polêmica compra, realizada em duas etapas, de um luxuoso edifício de 17 mil m2 no elegante bairro londrino de Chelsea.

A aquisição deste imóvel, por um preço superior ao seu valor real, foi feita através de pacotes financeiros altamente especulativos. As operações foram mediadas por dois empresários italianos residentes em Londres.

Essa compra "gerou perdas substanciais para as finanças do Vaticano, e foram usados, inclusive, recursos destinados às obras de caridade pessoais do santo padre", reconheceu a Santa Sé antes da abertura do julgamento.

Trata-se de grande desafio para Francisco, um crítico ferrenho da corrupção, que vem denunciando incessantemente a especulação financeira mundial desde sua eleição, há oito anos.

Leia também:


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!