Esporte Olimpíadas

28/07/2021 | domtotal.com

Simone Biles desiste da final do individual para preservar 'saúde mental' e Rebeca desponta como favorita

Estrela americana é considerada a melhor ginasta de todos os tempos. Brasileira Rebeca ficou atrás apenas de Biles na classificação

A campeã, um ícone que vai além do esporte, desistiu da final por equipes na terça-feira para não comprometer sua saúde mental.
A campeã, um ícone que vai além do esporte, desistiu da final por equipes na terça-feira para não comprometer sua saúde mental. Foto (Loic Venance/AFP)
A ginasta americana Simone Biles
A ginasta americana Simone Biles Foto (Loic Venance/AFP)

Um dia depois de seu surpreendente abandono da competição por equipes, a superestrela americana da ginástica artística Simone Biles anunciou que não vai disputar a final do individual geral na quinta-feira, o que deixa em dúvida sua continuidade nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em que ela parecia destinada a reinar. A americana também está classificada para as quatro finais de aparelhos.

Com a saída de Biles, Rebeca Andrade desponta como favorita na disputa do individual geral em Tóquio. Na qualificação, a brasileira somou 57.339 pontos, ficando apenas atrás da americana, que registrou a marca de 57.731 pontos.

"Após uma avaliação médica adicional, Simone Biles se retirou da final do individual geral nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com o objetivo de se concentrar em sua saúde mental", afirmou a Federação Americana de Ginástica no Twitter a respeito da disputa programada para quinta-feira.



A campeã, um ícone que vai além do esporte, desistiu da final por equipes na terça-feira para não comprometer sua saúde mental. Ela citou "demônios na cabeça" e muita pressão para administrar pelas expectativas criadas a respeito de sua participação nos Jogos.

"Assim que eu piso no tablado, sou só eu e a minha cabeça, lidando com demônios em minha cabeça. Tenho que fazer o que é certo para mim e concentrar na minha saúde mental, e não prejudicar minha saúde e meu bem-estar, explicou a americana à imprensa na terça-feira.

Pouco antes, a ginasta de 24 anos desistiu de competir na final por equipe após passar pelo primeiro aparelho, a trave, onde ficou abaixo de seus padrões habituais, com nota de 13,766 pontos.

Biles deixou por alguns minutos o local de competição, antes de retornar com status de reserva para acompanhar o final da disputa por equipes, na qual a Rússia, que compete sob bandeira neutra devido à suspensão do país devido aos escândalos de doping que envolveram o Estado, conquistou o ouro, superando Estados Unidos (prata) e Grã-Bretanha (bronze).

Biles, capaz de movimentos extraordinários, incluindo quatro que levam seu nome, é considerada a melhor ginasta de todos os tempos. A atleta de Ohio ainda pode participar nas quatro finais por aparelhos (salto, solo, trave e barras assimétricas) de 1 a 3 de agosto.

 'Dar um passo atrás'

Vencedora de cinco medalhas na Rio-2016, quatro de ouro, Biles explicou na terça-feira à imprensa que sua participação nas demais finais seria decidida dia a dia.

"Ela será examinada diariamente para determinar se disputará as provas individuais da próxima semana", confirmou a federação.

Desde que abandonou a prova por equipes na terça-feira, Biles recebeu várias mensagens de apoio, que vão além do mundo do esporte, incluindo da ex-primeira-dama Michelle Obama e da porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki.

"Apenas uma pequena recordação: os atletas olímpicos são humanos e estão fazendo o melhor que podem. É muito difícil estar no auge no momento certo e fazer a rotina de sua vida sob tanta pressão. É realmente muito difícil", escreveu no Twitter Aly Raisman, que integrou a equipe olímpica ao lado de Biles na Rio-2016.

Depois dos Jogos no Rio de Janeiro, Biles tirou um ano sabático. Ela revelou que estava entre as vítimas de agressão sexual do médico da equipe americana de ginástica Larry Nassar, atualmente preso, e se identifica como "uma sobrevivente".

Ela também denunciou publicamente a passividade das autoridades esportivas americanas. "Depois de tudo o que enfrentei com a federação, reencontrar o amor ao esporte e ser simplesmente Simone tem sido um longo caminho", afirmou recentemente.

Na terça-feira, entre momentos de lágrimas e sorrisos ao lado das colegas de equipe, ela declarou: "As coisas aconteceram assim. As meninas fizeram o que tinham que fazer. Tenho todo o apoio que precisava. No fim, você sabe o que é bom para você e, por isso, decidi dar um passo atrás".


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!