Coronavírus

04/08/2021 | domtotal.com

Vacinados têm três vezes menos risco de contraírem Covid-19 na Inglaterra

Estudo conduzido pelo Imperial College London, também mostra que as pessoas totalmente vacinadas transmitem menos o vírus

Um pedestre na cidade de Bolton, no noroeste da Inglaterra, passa por uma placa que aponta para um centro de testes de covid-19 em 28 de maio de 2021
Um pedestre na cidade de Bolton, no noroeste da Inglaterra, passa por uma placa que aponta para um centro de testes de covid-19 em 28 de maio de 2021 (Oli SCARFF/afp)

Pessoas totalmente vacinadas têm três vezes menos risco de serem diagnosticadas com Covid-19 do que aquelas que não foram imunizadas, segundo os últimos resultados de um amplo estudo na Inglaterra.

Os dados deste estudo, conduzido pelo Imperial College London e a empresa de pesquisa Ipsos MORI entre mais de 98 mil voluntários de 24 de junho a 12 de julho, também mostram que as pessoas totalmente vacinadas transmitem menos o vírus. 

"Esses resultados confirmam nossos dados anteriores, que mostram que duas doses da vacina oferecem uma boa proteção contra a infecção", disse Paul Elliott, responsável pelo estudo. Mesmo assim, "ainda existe o risco de infecção, já que nenhuma vacina é 100% eficaz", afirmou.

O relatório indicou que o número de infecções quadruplicou em comparação com o último estudo publicado no final de maio, com um infectado a cada 160 pessoas, mas a progressão parece estar diminuindo.

O estudo não cobre o período após o levantamento quase completo das restrições em 19 de julho no Reino Unido, apesar da explosão de casos atribuídos à contagiosa variante delta. No Reino Unido, onde 73% da população adulta tem o esquema vacinal completo, a pandemia causou 130 mil mortes, um dos maiores registros da Europa.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!