Coronavírus

13/09/2021 | domtotal.com

Veja quais vacinas são aceitas para entrar nos principais países da Europa?

A reabertura para passageiros totalmente vacinados do Brasil varia de país a país

Turistas desembarcam no aeroporto de Maiorca, na Espanha
Turistas desembarcam no aeroporto de Maiorca, na Espanha (AFP)
DW

.A reabertura de países da Europa para passageiros totalmente vacinados vindos do Brasil gerou uma busca por vacinas contra a Covid-19 que, teoricamente, seriam mais aceitas fora do país.

A ideia, porém, não faz sentido do ponto de vista sanitário – já que todos os imunizantes aplicados no Brasil reduzem o risco de casos graves de coronavírus e de hospitalizações – nem do ponto de vista do turismo, já que a escolha de vacinas atrapalha a imunização e dificulta o retorno do turismo mundial.

De acordo com a revista The Economist em um texto publicado no final de julho, as vacinas mais aceitas em viagens internacionais são da AstraZeneca (por quase 120 países), da Pfizer-BioNTech (por quase 90) e Sputnik V (por mais de 60).

Alemanha, Espanha, França, Finlândia, Portugual e Suíça são alguns dos países europeus que liberaram a entrada de turistas totalmente vacinados do Brasil. Já a Irlanda, por exemplo, permite a entrada de qualquer viajante brasileiro – totalmente vacinado ou não.

Veja abaixo as vacinas aceitas pelos principais países europeus:

Alemanha

Pfizer-BioNTech, Janssen (Johnson&Johnson), Moderna, AstraZeneca e Serum Institute of India (CoviShield).

Áustria

Pfizer-BioNTech, AstraZeneca (Vaxzevria e CoviShield), Janssen (Johnson&Johnson), Moderna, Sinovac (Coronavac) e Sinopharm/BIBP.

Bélgica

Pfizer-BioNTech, Janssen (Johnson&Johnson), Moderna e AstraZeneca

Dinamarca

Pfizer-BioNTech, Janssen (Johnson&Johnson), Moderna e AstraZeneca.

Croácia

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Gamaleya, Sinopharm/BIBP e Janssen (Johnson&Johnson).

Espanha

Pfizer-BioNTech, AstraZeneca (incluindo a CoviShield), Janssen (Johnson&Johnson) e Sinovac (Coronavac).

Finlândia

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Janssen (Johnson&Johnson), Sinopharm/BIBP, Serum Institute of India (CoviShield) e Sinovac (Coronavac).

França

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen (Johnson&Johnson)

Holanda

AstraZeneca, Pfizer-BioNTech, Janssen (Johnson&Johnson), Moderna, Serum Institute of India (CoviShield), Sinopharm/BIBP e Sinovac (Coronavac).

Irlanda

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen (Johnson&Johnson).

Itália:

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen (Johnson&Johnson).

Portugal

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen (Johnson&Johnson). É importante frisar que o decreto do governo de Portugal que liberou a entrada de passageiros provenientes do Brasil – totalmente vacinados ou não – não informa se outros imunizantes, além dos já aplicados em Portugal, são aceitos pelo país.

República Tcheca

AstraZeneca, Moderna, Pfizer-BioNTech, Serum Institute of India (CoviShield) e Janssen (Johnson&Johnson).

Reino Unido

Pfizer-BioNTech, Janssen (Johnson&Johnson), Moderna e AstraZeneca.

Suíça

Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Janssen (Johnson&Johnson), Sinopharm/BIBP, Serum Institute of India (CoviShield) e Sinovac (Coronavac).

DW



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!