Brasil Política

22/09/2021 | domtotal.com

Queiroga contrai Covid-19 e faz Brasil suspender presença na Assembleia da ONU

Ministro da Saúde esteve ao lado de Bolsonaro na viagem, inclusive no encontro com Boris Johnson. Queiroga ficará em quarentena por 14 dias em hotel de luxo nos EUA

Queiroga
Queiroga "permanecerá nos Estados Unidos durante o período de isolamento" (Isac Nóbrega/PR)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, "testou positivo para covid-19" após participar nessa terça-feira (21) da Assembleia Geral da ONU em Nova York, que foi aberta pelo presidente Jair Bolsonaro, informou o governo em nota. Por causa do teste positivo do ministro, a diplomacia brasileira decidiu suspender a presença de diplomatas nas reuniões da ONU.

"Os demais integrantes da comitiva realizaram o exame e testaram negativo para a doença", detalhou o comunicado da Secretária Especial de Comunicação Social (Secom).

O presidente Bolsonaro, que voltou a aparecer em público sem máscara em diversas ocasiões durante a viagem, não está vacinado contra a Covid-19 e afirma que será "o último" brasileiro a se imunizar.

Queiroga é o segundo integrante da comitiva brasileira em Nova York a ser diagnosticado com Covid-19. O ministro da Saúde esteve ao lado de Bolsonaro em vários eventos, incluindo na reunião de segunda-feira com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

Embora a comitiva já iniciou o retorno ao Brasil, Queiroga "permanecerá nos Estados Unidos durante o período de isolamento", acrescenta a nota. O ministro, de 55 anos e que foi vacinado contra a Covid-19, "passa bem".

Pela noite, Queiroga escreveu no Twitter que, enquanto estiver seguindo "todos os protocolos de segurança sanitária", o ministério "seguirá firme nas ações de enfrentamento à pandemia no Brasil".

Sem passaporte sanitário que o habilite a entrar em restaurantes e outros espaços públicos em Nova York, Bolsonaro foi fotografado no domingo junto a membros de sua comitiva comendo pizza do lado de fora de uma estabelecimento. Na imagem, Queiroga é o único que aparece de máscara, embora abaixo do queixo.

Questionado pela polêmica gestão da pandemia, responsável por mais de 591.000 mortes no Brasil, Bolsonaro abriu a Assembleia Geral da ONU com um discurso em que lançou diversas afirmações enganosas ou imprecisas.


Queiroga esteve com o presidente no plenário da Organização das Nações Unidas nesta terça-feira, 21, o que deve despertar reação internacional para rastrear os contatos do ministro e identificar possíveis focos de transmissão. Em uma foto postada em suas redes sociais, o ministro aparece no meio do local onde mais cedo discursaram os principais líderes mundiais.

Além do evento desta terça-feira, Queiroga também encontrou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, em reunião bilateral na segunda-feira. Um dia antes, portanto, do diagnóstico de covid. Na terça, Johnson se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na Casa Branca. O britânico e o americano estavam usando máscaras.

Controvérsias

Na quinta-feira passada, 16, Queiroga afirmou que partiu de Bolsonaro a orientação para rever a vacinação de adolescentes. A pasta recomendou a interrupção da aplicação de doses em pessoas de 12 a 17 anos sem comorbidades, como diabete, problema cardíaco ou deficiência física, seguindo caminho contrário ao de órgãos especializados no tema no Brasil e no mundo.

Na cidade americana, Queiroga esteve na foto comendo pizza ao ar livre junto ao presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães, o ministro do Turismo Gilson Machado, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência).Ramos recomendou para Queiroga por o "pau na mesa" em encontro bilateral com o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!