Brasil Política

22/09/2021 | domtotal.com

Anvisa recomenda isolamento a comitiva que acompanhou presidente nos EUA

Dois integrantes da equipe diplomática testaram positivo para Covid em Nova York

Integrantes da comitiva de Bolsonaro comem pizza na calçada em Nova York
Integrantes da comitiva de Bolsonaro comem pizza na calçada em Nova York (Twitter/Reprodução)

Após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testar positivo para a Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) encaminhou à Casa Civil, a recomendação de que todos os integrantes da comitiva presidencial do Brasil que estiveram nos últimos dias em Nova York, nos Estados Unidos, e tiveram contato com Queiroga realizem isolamento por 14 dias. A nota não cita o presidente Jair Bolsonaro, mas o chefe do Executivo, não vacinado contra o vírus, teve agenda com Queiroga.

O avião presidencial com o presidente decolou na noite de terça-feira (21), dos Estados Unidos e chegou pela manhã desta quarta-feira, em Brasília. Na agenda do chefe do Executivo consta apenas uma reunião por videoconferência com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, Pedro Cesar Sousa, às 16hs.

De acordo com o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), o presidente cancelou sua viagem prevista para o Paraná na sexta-feira (24). Bolsonaro participaria de cerimônia para anunciar iniciativas do governo federal no estado na cidade de Ponta Grossa às 14h. Às 17h, participaria de um jantar com empresários no município de Castro.

Na nota, a Anvisa submeteu à Casa Civil considerações relativas aos regramentos vigentes e antecipou recomendações sanitárias alinhadas às regras brasileiras que visam à proteção dos viajantes e da população brasileira.

"A Anvisa considera que a situação deve ser objeto de apreciação imediata pela Casa Civil da Presidência da República, à luz do que preconiza o art. 10, da Portaria 655, de 2021, o qual prevê que os ministérios responsáveis pela sua edição, poderão, de forma fundamentada e mediante prévia consulta à Anvisa, analisar os casos excepcionais quanto ao cumprimento de determinações sanitárias no âmbito das regras estabelecidas pela mesma portaria", diz o comunicado.

A Anvisa elencou quatro recomendações, além do isolamento de 14 dias. Dentre as medidas estão a exposição mínima possível aos membros que desembarcarem no Brasil, o isolamento na cidade de desembarque e a repetição do teste para Covid-19 no país. De acordo com a Secom, todos os demais integrantes da comitiva presidencial testaram negativo para a doença.

Na terça-feira, o Ministério da Saúde informou que Queiroga foi diagnosticado com covid e permanecerá em quarentena, de 14 dias, em Nova York. O ministro é o segundo integrante da comitiva presidencial brasileira a ser diagnosticado com covid. A equipe estava em Nova York para participar da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).


Agência Estado/Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!