Brasil Política

24/09/2021 | domtotal.com

Surto de Covid no Planalto atinge Eduardo Bolsonaro, Tereza Cristina e advogado-Geral da União

Filho do presidente fez parte da comitiva brasileira em Nova York, onde ministro da Saúde já cumpre quarentena; Tereza e Bruno Bianco não foram aos EUA

Bruno Bianco, Eduardo Bolsonaro e Tereza Cristina ficarão em isolamento
Bruno Bianco, Eduardo Bolsonaro e Tereza Cristina ficarão em isolamento (Agência Brasil)

Ao menos dois integrantes do primeiro escalão do governo do presidente Jair Bolsonaro informaram nesta sexta-feira, 24, que testaram positivo para Covid-19: a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o advogado-geral da União, Bruno Bianco. Na noite de terça, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já havia testado positivo em Nova York. Ele acompanhou o chefe do Executivo na 76ª Assembleia-Geral da ONU. Nesta manhã, outro integrante da comitiva aos EUA confirmou diagnóstico, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A informação foi dada pelo próprio parlamentar no Twitter. Ele acompanhou a comitiva presidencial que esteve em Nova York para a 76ª Assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e, assim, teve contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que também contraiu o novo coronavírus.

"Sabemos que as vacinas foram feitas mais rápidas do que o padrão (sic). Tomei a 1ª dose de Pfizer e contraí Covid. Isso significa que a vacina é inútil? Não creio. Mas é mais um argumento conta o passaporte sanitário", publicou Eduardo Bolsonaro na rede social. O parlamentar ainda não tomou a segunda dose da vacina, o que diminui a resposta imune.

Além de colocar as vacinas em suspeição, o parlamentar afirmou incorretamente que estudos sobre efeitos colaterais e eficácia dos imunizantes estão ocorrendo agora. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já concedeu, inclusive, registro definitivo à vacina da Pfizer, a recebida pelo deputado, após a apresentação de estudos científicos.

"Estudos sobre efeitos colaterais e eficácia estão ocorrendo agora. Apesar do diagnóstico estou me sentindo bem e comecei a me tratar imediatamente. Obrigado pelas centenas de desejos de melhoras que já recebi. Logo estarei de volta. (Espero que este post não seja deletado)", acrescentou, sugerindo estar fazendo uso de medicamentos do chamado "kit covid", que não têm eficácia comprovada contra a doença.

Pelo Twitter, Tereza Cristina disse que “está bem” e “permanecerá em isolamento” pelos próximos dias, por orientação médica. “Informo a todos que testei positivo para #Covid19. Estou bem. Cancelei meus compromissos presenciais e permanecerei em isolamento  durante o período de orientação médica, escreveu.

AGU positivo

O Advogado-geral da União, Bruno Bianco, também testou positivo para a covid-19. De acordo com a assessoria de imprensa do ministro, ele fará novos testes e aguardará os resultados em isolamento. Nessa  quinta-feira, 23, Bianco compareceu presencialmente à cerimônia de recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras. De máscara, o ficou ao lado do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, que também usava a proteção facial contra a Covid-19.

A assessoria de imprensa de Bianco informou que ele fará novos testes e aguardará o resultado em isolamento. De acordo com nota enviada pela AGU o ministro está "sem sintomas e cancelou a agenda de hoje".

O AGU não fez parte da comitiva que foi aos EUA, que teve ainda um assessor do Itamaraty contaminado.Ele testou positivo para a doença antes da chegada do presidente; fazia parte da equipe precursora, que cuidou dos preparativos para a visita.

Por causa dos casos de Covid durante a viagem para participar da Assembleia-Geral da ONU, outros membros do governo também estão em isolamento. Queiroga nem chegou a voltar para o Brasil e cumpre quarentena em hotel na cidade americana. Bolsonaro cumpre o isolamento no Palácio da Alvorada.

Na live de quinta-feira, 23, o presidente Bolsonaro disse outras duas pessoas da comitiva que o acompanhou à Assembleia-Geral também testaram positivo para covid-19. "Certamente, eu sou uma delas. A outra não sei quem é", disse Eduardo ao site.

As orientações da Anvisa para que a comitiva - quem esteve com Queiroga - também cumprisse quarentena já se aplicavam a Eduardo Bolsonaro. Como mostrou o Estadão, o deputado teve papel central na definição do discurso ideológico do pai na ONU.

Vacina

Em abril a ministra Tereza Cristina foi vacinada contra a Covid-19 em Brasília. Na época, quando tomou a primeira dose do imunizante, escreveu que o governo “tem trabalhado para a imunização em massa dos brasileiros”. Eduardo tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 em 26 agosto e está com a segunda dose prevista para novembro, diz o portal R7.


Agência Estado e DomTotal



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!