Religião

05/10/2021 | domtotal.com

Igrejinha da Pampulha é elevada a Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis

Patrimônio mundial da humanidade, templo na Pampulha projetado por Niemeyer ganha mais projeção na Arquidiocese de Belo Horizonte

Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis é um dos símbolos de Belo Horizonte
Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis é um dos símbolos de Belo Horizonte Foto (Amira Hissa/PBH)
Linhas delgadas e obras de arte causaram polêmica e a Arquidiocese não quis consagrar o templo por 15 anos!
Linhas delgadas e obras de arte causaram polêmica e a Arquidiocese não quis consagrar o templo por 15 anos! Foto (Arquivo PBh)
Santuário em registro dos anos 1940 na Pampulha
Santuário em registro dos anos 1940 na Pampulha Foto (Isabel Baldoni/Arquivo PBH)
Templo tem murais de Cândido Portinari e jardins de Burle Marx
Templo tem murais de Cândido Portinari e jardins de Burle Marx Foto (Divino Advincula/PBH)
Interior do Santuário
Interior do Santuário Foto (Divino Advincula/PBH)
São Francisco de Assis, por Cândido Portinari. Cachorro magrelo causou polêmica
São Francisco de Assis, por Cândido Portinari. Cachorro magrelo causou polêmica Foto (Divino Advincula/PBH)
Belo Horizonte, 1949
Belo Horizonte, 1949 Foto (Acervo APCBH)
Patrimônio mundial da humanidade, templo na Pampulha projetado por Niemeyer ganha mais projeção na Arquidiocese de Belo Horizonte
Patrimônio mundial da humanidade, templo na Pampulha projetado por Niemeyer ganha mais projeção na Arquidiocese de Belo Horizonte Foto (Acervo APCBH)

Thiago Ventura

Uma pérola da arquitetura modernista mundial e um dos símbolos de Belo Horizonte ganhou mais importância em seu aspecto religioso. É que a Capela Curial de São Francisco, conhecida popularmente como 'Igrejinha da Pampulha' foi elevada ao título de Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis. A cerimônia aconteceu justamente nessa segunda (04), data litúrgica do padroeira.

📸 Clique na imagem acima e veja mais fotos!

A construção foi concluída em 1945 e faz parte do complexo arquitetônico da Pampulha,  um patrimônio cultural da humanidade reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A Igrejinha da Pampulha foi envolvida numa polêmica. O então arcebispo de Belo Horizonte dom Cabral considerou a construção Dom Antônio dos Santos Cabral templo era muito fantasioso e não aprovou sua utilização. Somente em  11 de abril de 1959 que a primeira missa foi celebrada.

Até então uma capela curial vinculada à Paróquia de Santo Antônio, na Região da Pampulha, agora o templo é um santuário. A elevação aconteceu nessa segunda, em missa solene presidida pelo  arcebispo metropolitano de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo.

Segundo o arcebispo, agora como santuário, a igreja será como uma escola e vai ampliar sua programação pastoral, acolhendo peregrinos, sempre a serviço das comunidades.


"Esta pérola no complexo arquitetônica da Pampulha merece ser tratada adequadamente e se tornar enquanto santuário, uma escola", declarou o arcebispo, que ainda pediu que não se chamasse mais como "Igrejinha", mas "ermida de São Francisco". 

O presidente da CNBB destacou que o Santuário da Pampulha terá uma missão diferente e maior dos demais santuários da Arquidiocese, pois levará o legado do padroeiro. "Há muita indiferença, distancia entre as pessoas e muita manipulação doe bem comum e muito desrespeito com o bem de todos. E a fraternidade universal que Francisco de Assis nos ensina é o grande remédio para nosso tempo", pregou.


No dia de S. Francisco, fiéis levaram animais para receber bênçãos dos sacerdotes do Santuário (Foto: Arquidiocese de BH)No dia de S. Francisco, fiéis levaram animais para receber bênçãos dos sacerdotes do Santuário (Foto: Arquidiocese de BH)

Além da elevação da capela em santuário, dom Walmor também deu posse ao novo reitor do Santuário da Pampulha, padre Ednei Almeida Costa e o padre Domingos Barbosa como assistente pastoral.

Pouco antes da celebração, peregrinos foram acolhidos e seus animais domésticos – a maioria cães e pássaros  – foram abençoados.  O reitor do Santuário, padre Ednei Almeida Costa anunciou que as missas, até então celebradas somente aos domingos, agora serão diárias. “Intensificamos também a celebração de batizados e outros sacramentos”, detalha.

Arquitetura

O Santuário Arquidiocesano de São Francisco de Assis foi construído entre 1943 e 1945 com projeto do arquiteto Oscar Niemeyer e projeto de engenharia de Joaquim Barboza. A ornamentação foi finalmente completa em 1957.

Apelidada carinhosamente de 'Igrejinha da Pampulha,' é o primeiro igreja do Brasil de traçado modernista, com desenho que conflita totalmente com as linhas retas ou ainda com os estilos neogótico, eclético e barroco.

O templo possui azulejos de Cândido Portinari, complementada por trabalhos de Alfredo Ceschiatti e Paulo Werneck. Os jardins são de Roberto Burle Marx. A igreja faz parte do complexo encomendado pelo então prefeito de Belo Horizonte Juscelino Kubitscheck. 

Visita e celebrações

O templo terá missas aos domingos às 7h, 10h30 e 19h. Todo dia 04 haverá benção dos animais. Com a pandemia da Covid-19, é preciso agendar a participação nas celebrações do Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis. Clique aqui para participar.


Redação Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!