Brasil Política

22/10/2021 | domtotal.com

Carta aberta aos imbecis

Os imbecis tentam colocar ideologia na discussão para se esconder atrás dos pilares da ignorância que representam

Os imbecis não conhecem o retrovisor e nem dão seta: onde está aética e a sabedoria?
Os imbecis não conhecem o retrovisor e nem dão seta: onde está aética e a sabedoria? (Unsplash)

Ricardo Soares*

Winston Churchill teria dito que a democracia é a pior forma de governo, à exceção de todas as demais. Levando em conta a premissa, podemos dizer que democracia é mesmo muito bacana. Mas tem, teve e terá seus percalços. Um dos maiores é a gente ter que tolerar o sagrado direito de manifestação dos imbecis, um direito pelo qual muitos deles não brigaram, mas do qual desfrutam com louvor como vemos nessa época de trevas bolsonaristas. Pior é que esses imbecis tentam desqualificar os que não são com epítetos de "comunistas", "esquerdistas", "socialistas" e "petistas". Tentam colocar ideologia na discussão para se esconder atrás dos pilares da ignorância que representam.

Ora, pois. Imbecis temos de todos os matizes, mas hoje, no Brasil, os mais daninhos (e muitos deles nem sempre são tão inócuos, pois atingem corações e mentes ignorantes como as deles) são aqueles que proliferam inverdades, sem nenhum conhecimento histórico ou sociológico. A maioria deles, aliás, pouco conhece do Brasil ao qual se referem.

Não vou nominar nenhum desses imbecis, pois todos sabemos os seus nomes sempre associados a intolerância. São raivosos, agressivos, racistas, ignorantes, desinformados, maldosos, desumanos, preconceituosos e manipuladores. Imbecis que apostam na imbecilidade alheia, deformada por anos e anos de péssima educação escolar, analfabetismo crônico e manipulação midiática. Muita gente, mas muita gente mesmo, acha que ler a revista Veja e ver o Jornal Nacional é estar por dentro dos fatos sem falar das inúmeras "notícias" dadas por sites negacionistas ou "burristas". 

Esses milhares de imbecilizados não se envergonham de pôr seus preconceitos para fora e o fazem na forma dos mais toscos e nojentos comentários em grandes portais de notícias inverídicas. Não sou a favor que se censurem esses comentários, pois dão a exata medida de nossas trevas. Gente assim, provavelmente, queimaria Joana D'Arc e aplaudiria os discursos nacionalistas de Hitler e Mussolini. Não é de se espantar que preguem inclusive que as "raças impuras" das periferias não deveriam frequentar recantos onde eles põem os pés, inclusive os aeroportos.

O que me repugna nos imbecis não é serem imbecis. É terem a pretensão da superioridade ética, estética, imagética. É moldar a realidade conforme a conveniência deles e, nesse caso, rotular de "petistas", "petralhas" e congêneres a todos os que discordam deles. É justamente jogar uma cortina de fumaça na imbecilidade que representam. Como se todos nós que discordamos deles fossemos entusiastas do mensalão, do petrolão ou de qualquer outro escândalo político empreendido por desonestos e canalhas.

Aliás desonestos e canalhas que pululam em todos os partidos. Daí a generalizada descrença dos conscientes com partidos políticos em geral.

Buscar o conjunto de mazelas que levaram o PT ao impasse que vive hoje - o resgate da surrada credibilidade entre tantos escândalos - é desnecessário visto que seus detratores na grande mídia fazem isso dia e noite sem parar como uma borracharia 24 horas espancando pneus e os esvaziando de ar. Só que o jogo segue sendo jogado e a cruzada dos imbecis quer embolar tudo ainda mais quando aposta na estupidez como o mais rápido caminho para o caos que é a permanência de Bolsonaro no poder. Depois de Temer, agora tudo a temer. De novo.

Um dos sinais dos péssimos caminhos da mídia é justamente o grande número de leitores que têm os imbecis . O grande número de ouvintes que têm os biltres e ignorantes golpistas que deram ressonância e projetos midiáticos que encorparam como a nefasta e bem rebatizada "Jovem Klan". Dar guarida irresponsável a esses irresponsáveis, que só apostam no "quanto pior melhor", é uma tragédia consumada. No meu tempo de jovem repórter, você tinha que "pastar" muito tempo pra emitir opinião. E, quando a fizesse, tinha que vir acompanhada de um excelente texto. Hoje, qualquer "fraldão" faz porcaria que é publicada.

Tem hora que a gente cansa. Eu cansei de ficar só vendo, ouvindo e lendo tanta imbecilidade irresponsável. Não tenho a menor pretensão de, com esse protesto -crônica, ser ouvido. Mas, agora, na minha trincheirinha de boca solta, brado contra a ignorância que vocês pregam.

Ora, se quem conduz a nação não é apto, vamos ajudar a tirá-los de onde estão. Muito ajuda quem não atrapalha. O primeiro passo educativo seria conduzir todos os imbecis, jovens e velhos, adolescentes e de meia idade a voltarem para as aulas de história. Talvez só assim eles percebam que pregar a terra arrasada, a "pátria armada" é um golpe contra o futuro . Já vimos no que isso deu no nosso passado. Mas, perdão, esqueci que os imbecis não conhecem o retrovisor e nem dão seta. Querem ultrapassar pelo acostamento e, lógico, sempre pela extrema direita o que, nas leis de trânsito, é completamente ilegal.

*Ricardo Soares é diretor de TV, roteirista, escritor e jornalista . Publicou 9 livros, dirigiu 12 documentários.

O texto reflete a opinião pessoal do autor, não necessariamente do Dom Total. O autor assume integral e exclusivamente responsabilidade pela sua opinião.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!