Brasil Política

22/10/2021 | domtotal.com

Rodrigo Pacheco confirma filiação ao PSD e pavimenta candidatura a presidente

Senador mineiro surge como nome forte para terceira via em 2022

Aliado de Bolsonaro, Pacheco deve enfrentar presidente em 2022
Aliado de Bolsonaro, Pacheco deve enfrentar presidente em 2022 (Valter Campanato/ABr)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), oficializou nesta sexta-feira (22) a decisão de mudar de partido e se filiar ao PSD, legenda comandada pelo ex-ministro Gilberto Kassab.

Dessa forma, Pacheco avança na preparação de sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto em 2022. Pacheco negocia a filiação desde que recebeu o apoio do PSD para a eleição da presidência do Senado e já havia confirmado a aliados a decisão.

Até ontem, porém, quando era perguntado de forma aberta, o senador dizia que estava refletindo. O ato de filiação deve ocorrer na próxima quarta-feira, 27, em Brasília.

"Comunico que, nesta data, tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente, Gilberto Kassab. Agradeço aos filiados, colegas e amigos do Democratas de Minas Gerais e de todo o país o período de convivência partidária saudável e respeitos", afirmou Pacheco em uma publicação no Twitter.

O presidente do Senado agradeceu ao DEM, que se uniu ao PSL, e desejou boa sorte ao novo partido criado na fusão, o União Brasil. Com a filiação de Pacheco, o PSD passará a ter 12 senadores e continua como a segunda maior bancada do Senado.


Agência Estado



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!