Brasil

26/10/2021 | domtotal.com

Zé Trovão, caminhoneiro bolsonarista, é preso pela Polícia Federal em Santa Catarina

Defesa do influenciador diz que ele se entregou e que entrará com pedido de liberdade

Prisão de Zé Trovão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF
Prisão de Zé Trovão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Reprodução)

O caminhoneiro e influenciador bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, se entregou à Polícia Federal na tarde desta terça-feira (26). A informação foi divulgada por advogados que defendem o caminhoneiro.

Em comunicado, a defesa destaca que o caminhoneiro se apresentou espontaneamente ao delegado-chefe da Polícia Federal em Joinville, Santa Catarina, cidade onde mora.

O texto informa ainda que entrará com um pedido de  liberdade para Zé Trovão.

STF

Zé Trovão é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por insuflar apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a cometerem atentados violentos contras as instituições durante as manifestações antidemocráticas de 7 de Setembro. Ele teve a prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes.

O influenciador digital bolsonarista estava foragido desde o dia 3 de setembro, data em que foi expedida a decisão de Moraes. Atualmente, Zé Trovão se escondeu no México em busca de "asilo político". Ele disse, na época, ser vítima de perseguição política do ministro do Supremo. Os fatos que o levam a ser investigado, porém, estão associados aos vídeos com instruções aos manifestantes para atacarem o STF.

Dias antes das manifestações de 7 de Setembro, Zé Trovão orientou bolsonaristas a "invadir Brasília" e assumiu que continuaria em fuga no México. No despacho de manutenção da prisão preventiva dado em setembro, Moraes afirmou que a jurisprudência do Supremo é pacífica ao compreender a fuga do local em que o crime foi cometido como fundamento justo para a manutenção da prisão preventiva. "Depois do 7 de Setembro eu até posso me entregar, mas antes disso não", disse o influenciador bolsonarista.

Após os atos antidemocráticos de 7 Setembro, o influenciador continuou dando instruções aos apoiadores do presidente de fora do país e operou como um dos principais atores da breve greve de caminhoneiros ocorrida nos dias seguintes ao feriado da independência.



Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!