Religião

19/05/2022 | domtotal.com

Papa lança movimento estudantil em defesa do meio ambiente

O evento lançado nesta quinta-feira (19) contou com a participação de jovens e artistas

(Arquivo) Papa Francisco no fim de uma audiência com peregrinos eslovacos, no Salão Paulo VI, no Vaticano, em 30 abr. 2022
(Arquivo) Papa Francisco no fim de uma audiência com peregrinos eslovacos, no Salão Paulo VI, no Vaticano, em 30 abr. 2022 Foto (Vincenzo PINTO/AFP)

O papa Francisco lançou no Vaticano, nesta quinta-feira (19), um movimento internacional de estudantes comprometidos com a defesa do meio ambiente e do diálogo perante um grupo de jovens e artistas, incluindo o vocalista do U2, Bono.

Defender a natureza e defender a poesia da criação é lutar pela harmonia, disse o papa, que compareceu ao evento em cadeira de rodas devido a dores no joelho que o impedem de andar ou ficar de pé por longos períodos.

O lançamento aconteceu na Aula Magna da Pontifícia Universidade Urbaniana, na presença de figuras do esporte e da tecnologia e clima de festa, com música, performances e canções de vários países.

O movimento se baseia na experiência adquirida pela pontifícia fundação Scholas Ocurrentes, uma rede mundial de jovens unidos pela educação e pelo esporte.

A rede, criada pelo papa argentino em agosto de 2013, poucos meses depois de sua eleição como pontífice, está presente em 190 países e conta com quase meio milhão de escolas, públicas e privadas, de todas as religiões.

A ideia de promover a paz e a inclusão social através da educação e do esporte é um tema que o papa trabalha desde antes de sua eleição ao trono de Pedro em 2013, quando era arcebispo de Buenos Aires.

Francisco também lançou a Escola Laudato Si', em homenagem à encíclica papal sobre o cuidado da "Casa Comum", que é frequentada por 50 alunos da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, Haiti e Itália no Vaticano. , México, Panamá, Paraguai e Portugal.

Durante o ano, os jovens desenvolverão projetos de impacto socioambiental em suas comunidades e irão convidar personalidade do mundo da cultura e da tecnologia como o líder do U2, Bono Vox, para dar aulas.

"Aqui falamos da cultura do encontro, da inclusão", disse o cantor, que será um dos professores da escola.

Em março passado, um decreto papal conferiu à Scholas Ocurrentes o status de "movimento pontifício", tornando-o o primeiro movimento na história da Igreja criado diretamente a pedido de um pontífice.


AFP



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.