Mundo

25/05/2022 | domtotal.com

Atirador mata 18 crianças e 1 adulto em escola primária de cidade do Texas

Massacre trouxe de volta as lembranças da tragédia de Sandy Hook, quando um jovem assassinou 26 pessoas

O atirador foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos; ele foi morto pela polícia
O atirador foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos; ele foi morto pela polícia Foto (AFP)

Um atirador abriu fogo nesta terça, 24, na Robb Elementary School, para alunos de até 10 anos, em Uvalde, no Texas, matando 18 crianças e um adulto - massacre que trouxe de volta as lembranças da tragédia de Sandy Hook, quando um jovem assassinou 26 pessoas - incluindo 20 crianças - em uma escola primária de Connecticut.

O atirador foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos. Segundo o governador do Texas, Greg Abbott, ele abandonou seu carro na entrada da escola, pouco depois das 11 horas, antes do massacre. Ele agiu sozinho e foi morto pela polícia. Ele tinha um revólver e possivelmente um fuzil. Roland Gutierrez, senador do Estado, disse que o jovem teria comprado dois fuzis legalmente quando completou 18 anos.

O massacre de ontem ocorre na esteira da chacina de Buffalo, em Nova York, no dia 14, quando um atirador matou dez negros em um supermercado. A Education Week, organização que monitora a violência com armas de fogo nos EUA, disse que o ataque no Texas foi o 27.º em escolas americanas este ano - um massacre a cada cinco dias. De acordo com dados do FBI, os incidentes com atiradores aumentaram mais de 50%, entre 2020 e 2021, e quase 97% desde 2017.

O crime ocorreu na cidade de Uvalde, de 16 mil habitantes, a 130 quilômetros de San Antonio. Autoridades do Texas disseram que dois policiais ficaram feridos levemente durante a operação, mas não corriam risco de morrer. Segundo hospitais da região, 13 crianças deram entrada com ferimentos - algumas em estado grave.

Revolta

As primeiras reações vieram de congressistas democratas, que defendem mais restrições à venda de armas. O mais revoltado era o senador Chris Murphy. “O que estamos fazendo?”, questionou em discurso no plenário do Senado. “Isso só acontece neste país, e em nenhum outro lugar. Em nenhum outro lugar as crianças vão para a escola pensando que podem levar um tiro.”

Bastante emocionada, a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, pediu ação do Congresso. “Já basta. Temos de ter coragem de atuar.” O presidente americano, Joe Biden, foi avisado do ataque a tiros ainda no ar, quando voltava de sua viagem ao Japão.

No ano passado, os republicanos, que governam o Texas, aprovaram uma nova lei que permite que os cidadãos que possuem legalmente uma arma de fogo a carreguem abertamente em público - sem necessidade de licença ou treinamento. O republicano Ken Paxton, secretário de Justiça do Estado, identificado com o lobby das armas, defendeu ontem que os professores do Texas tenham permissão para usar armas nas escolas. 


Agência Estado



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.